terça, 26 de janeiro de 2021

Economia
Compartilhar:

Energia mais barata: Aneel decide reduzir em 1,97% a tarifa em Campina Grande

Celina Modesto / 01 de fevereiro de 2017
Foto: Divulgação
A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou ontem, durante reunião da diretoria, a redução de 1,97% na tarifa de energia dos consumidores residenciais atendidos pela Energisa Borborema. Em dezembro do ano passado, a agência havia sinalizado, durante audiência pública, uma redução média de 1,29% na tarifa de energia elétrica da distribuidora. A redução da tarifa passará a valer a partir do próximo dia 4.

A Energisa Borborema atende 208 mil unidades consumidoras localizadas em Campina Grande e outras cinco cidades do interior da Paraíba - Lagoa Seca, Queimadas, Fagundes, Boa Vista e Massaranduba. De acordo com a Aneel, a revisão tarifária periódica reposiciona as tarifas cobradas dos consumidores após analisar os custos eficientes e os investimentos prudentes para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica, em intervalo médio de quatro anos.

Na reunião ocorrida em dezembro do ano passado, a Aneel havia proposto um reajuste médio de 11,82% para a alta tensão, que atinge principalmente as indústrias, e redução média de 4,09% para a baixa tensão, que atende residências, comércios e órgãos públicos.

De acordo com a agência reguladora de energia, mais de 95% das unidades consumidoras da Energisa Borborema encaixam-se no grupo da baixa tensão. Dessa forma, a média de redução de 1,29% resulta do cálculo entre alta e baixa tensão.

O reajuste tarifário já inclui a arrecadação necessária para pagar as indenizações das transmissoras de energia. Serão R$ 65 bilhões ao longo dos próximos oito anos, a serem pagos por todos os consumidores do País.

Leia Mais

Relacionadas