sábado, 19 de setembro de 2020

Economia
Compartilhar:

Crise atinge padarias e sindicato da categoria lança campanha para tentar aumentar o movimento

Wênia Bandeira / 24 de dezembro de 2016
Foto: Divulgação
O sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de Campina Grande (Sindipan-CG) lançou a campanha Minha Padaria Dá Sorte. A campanha é uma tentativa de aumentar o movimento de vendas dos produtos, pois, pela primeira vez em cinco anos, o setor admite que a crise chegou e que não há mais como ficar sem reagir.

Serão sorteados dois fornos micro-ondas, dois fogões de quatro bocas, uma máquina de lavar roupas de oito quilos, duas geladeiras, um notebook, uma televisão 42’’ e um carro zero quilômetro. São 70 padarias participando em Campina Grande e na região metropolitana.

O presidente do Sindipan-CG, Valmir Gaião, disse que o objetivo é driblar a crise econômica.

Apesar das vendas ter diminuído, ele comemora o fato de não ter perdas. Valmir explicou que mesmo não crescendo, tendo em vista o momento atual do país, é motivo para celebrar não ter fechamento de lojas. “Na certeza que não tendo perdas é uma perspectiva para que em 2017 nós consigamos voltar a crescer”, destacou.

Na promoção, o cliente precisará adquirir R$ 15 em produtos para receber um cupom. O sorteio será realizado no dia 18 de maio na Fiep. “Além disso, o panificador terá o direito de fazer um sorteio independente para atrair ainda mais a clientela. Ele compra um brinde pequeno e sorteia quando quiser, até o fim da promoção”, acrescentou.

O empresário da área, Edvaldo Sousa, falou que a panificação se valeu do fato de que a alimentação é necessária para todos diariamente para continuar operando em crescimento, mas que chegou um momento não suportou, já que é uma crise que está durando muito tempo.

Relacionadas