quarta, 12 de maio de 2021

Economia
Compartilhar:

Cesta básica está 11,71% mais cara em João Pessoa

Redação / 04 de novembro de 2015
Foto: Divulgação
Além de conviver com o aumento na conta de energia, nos preços dos combustíveis e gás de cozinha, o pessoense também está tendo que encarar uma cesta básica mais cara. Os produtos que compõem a cesta apresentaram acréscimo de 11,71% em outubro, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Com relação ao mês anterior, o aumento foi de 0,92%. Os dados são do Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual (Ideme), que revelou, ainda, que no acumulado do ano o aumento foi de 8%.

Enquanto em setembro a cesta básica custava R$ 298,93 em outubro o valor foi para R$ 301,68. Para quem recebe apenas um salário mínimo o custo com a alimentação básica representa 38,28% do honorário. Um trabalhador que no mês de outubro ganhou um salário mínimo precisou trabalhar o equivalente a 84 horas e 16 minutos para adquirir sua alimentação individual. Já uma família composta por quatro pessoas teria que dispor de R$ 1.206,72 para adquirir a alimentação básica.

Variação – Os preços praticados na cesta básica em João Pessoa, no mês de outubro de 2015, revelaram variação positiva de preços médios em itens como raízes: inhame, batata-doce e macaxeira (8,29%), frutas: banana e laranja (5,39%), leite pasteurizado (4,30%), açúcar (3,10%), feijão (0,94%) e café moído (0,28%).

Enquanto que as variações negativas (queda) nos preços dos produtos que compõem a cesta básica foram identificadas nos legumes: abóbora, beterraba, batata-inglesa, cenoura e tomate (4,05%); óleo de soja (1,78%), farinha de mandioca (0,96%), arroz (0,75%) e carnes (0,10%).  O pão francês e a margarina não apresentaram variação. Confira mais informações no site do Instituto, www.ideme.pb.gov.br.

 

Relacionadas