segunda, 18 de janeiro de 2021

Economia
Compartilhar:

Caixa reduz para 9% juros para a compra da casa própria

Érico Fabres / 17 de abril de 2018
Foto: Divulgação
A Caixa Econômica Federal quer retomar a liderança dos empréstimos para a compra da casa própria. Para isso, reduziu os juros de 10,25% ao ano para 9% no Sistema Financeiro Habitacional (SFH), para imóveis até R$ 800 mil e aumentou o limite de financiamento de 50% para 70%. Em janeiro, a instituição foi superada por Bradesco e Santander em volume de recursos emprestados para a casa própria, apresentando uma queda de 31% de crédito imobiliário concedido.

De acordo com o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-PB), Rômulo Soares, a expectativa é que o mercado paraibano volte a ficar aquecido, já que os imóveis financiados na faixa até R$ 800 mil representam de 60% a 65% do mercado do Estado.

“Os imóveis usados, principalmente, devem ter suas vendas aquecidas, já que com financiamento limitado a 50% do valor houve um acúmulo muito grande de unidades”, diz.

Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), cujos valores dos imóveis são acima dos limites do SFH e até R$ 3 milhões, a taxa caiu de 11,25% para 10% ao ano.

Estoque de imóveis cai em JP

Dados informados pelo Sinduscon - João Pessoa (Sindicato da Construção Civil) apontam que desde o ano passado o volume de estoques de imóveis vem caindo na capital paraibana. No ano passado, havaim 7,5 mil unidades no esgoto e, atualmente, esse volume chega a 6,4 mil - uma redução de 14,67% no período.

Muitas construtoras, conforme o Sinduscon, tem realizado campanhas promocionais para aquecer as vendas. Uma delas, da Alliance, o cliente recebia o apartamento mobiliado.

Já a maioria tem oferecido isenção de custas cartoriais e pagamento do ITBI (Imposto de Transmissão de Bens Imóveis). Para se ter uma ideia da economia, para um imóvel no valor de R$ 200 mil, o cliente para R$ 6 mil desse imposto.

A Caixa informou que possui R$ 82,1 bilhões para o crédito habitacional neste ano. A última redução de juros aconteceu em novembro de 2016, há 17 meses, quando a Caixa anunciou redução de 0,25 ponto percentual ao ano para todas as linhas.

Rômulo Soares diz que a redução dos juros vem com atraso, que já deveria ter baixado faz tempo, já que a taxa Selic caiu para 7% ainda em dezembro e desde então nenhuma alteração foi anunciada.

A Caixa anunciou ainda a retomada do financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com financiamento de até 70%.

Relacionadas