quarta, 12 de maio de 2021

Economia
Compartilhar:

Banco Cidadão cria 13 mil empregos e garante renda para cerca de 20 mil pessoas

Redação / 04 de setembro de 2015
Foto: Secom-JP
O Banco Cidadão da Prefeitura Municipal de João Pessoa já possibilitou a ampliação e a abertura de 5.263 micronegócios por toda a cidade, com crédito de R$ 20,68 milhões, desde o ano de 2013. De acordo com o secretário do Trabalho, Produção e Renda, Diego Tavares, estudos do Banco Mundial sobre empreendedorismo mostram que, para cada emprego formal, são gerados outros 2,5 empregos, resultando em mais de 13 mil pessoas ocupadas.

Considerando que o Banco Cidadão beneficia não só o empreendedor, mas a família inteira, são mais de 20 mil pessoas atendidas pelo programa de microcrédito orientado, o que supera a população de 195 municípios da Paraíba, conforme o IBGE.

“Com 5,2 mil empreendedores, superamos a população de mais de 80 municípios paraibanos. Mas se consideramos 20 mil pessoas, ultrapassamos a população de 195 municípios paraibanos. Tudo isto obtido em um período de apenas dois anos e sete meses. Nós sabemos das dificuldades que atingem os empreendedores, mas a Prefeitura está fazendo a sua parte, cada vez mais presente na vida do empreendedor”, explicou Diego Tavares.

Roberto Dias é um dos beneficiados pelo Banco Cidadão e o negócio dele deu tão certo, que já emprega sete pessoas. Ele começou vendendo salgados na praia de cabo Branco como ambulante, mas procurou o Banco Cidadão para montar seu negócio em uma sala, com área de 20 metros quadrados. Hoje, ele possui duas unidades da lanchonete Playboy das Coxinhas e vai abrir a terceira neste mês.

“Eu comecei vendendo salgado pela necessidade de criar minhas duas filhas, mas eu arrisquei começar um negócio e o Banco Cidadão foi fundamental. Com o primeiro empréstimo, eu comprei uma máquina de mexer a massa da coxinha e a fritadeira. A partir daí, as coisas foram acontecendo. Temos uma unidade no Cristo, com área de mais de 90 metros quadrados, outra nos Bancários e vamos inaugurar a terceira, no Bessa, com o recebimento de um novo empréstimo do Banco Cidadão”, contou o empreendedor.

Família – O empreendedor Josenildo Crispim, proprietário do Bar da Contramão, em Manaíra, no momento não possui funcionários, mas o negócio ocupa e garante renda para a família. “Eu e minha esposa administramos o bar, mas nossa família ajuda nos períodos de maior movimento. Estamos esperando o negócio crescer para contratarmos funcionários”, disse ele.

Para melhorar a estrutura do bar e atrair mais clientes, ele obteve o primeiro empréstimo no Banco Cidadão. “Eu vou investir os recursos em mercadorias, equipamentos, como mesas e cadeiras, e vou fazer uma pequena reforma”, explicou Josenildo Crispim.

Empréstimos – O valor dos empréstimos do Banco Cidadão chega à quantia de R$ 7.880. O prazo de financiamento é de até 24 meses, com carência de até três meses. A taxa de juros é de 0,9% ao mês.

Para ter acesso ao Banco Cidadão, o empreendedor deve ter idade a partir de 18 anos e morar em João Pessoa há, no mínimo, seis meses. Não é preciso estar formalizado. Servidores municipais e pessoas com nome nos cadastros de proteção ao crédito não podem participar.

As inscrições estão abertas na Secretaria do Trabalho, Produção e Renda, localizada na Avenida Cardoso Vieira, 85, Varadouro. O proponente deve apresentar original e cópia de RG, CPF e comprovante de residência atual.

Mais informações pelo telefone 3214 1707.

 

Relacionadas