sábado, 12 de junho de 2021

Teatro
Compartilhar:

Espetáculo paraibano ‘Merclowndorias’ é atração hoje no Porto do Capim

André Luiz Maia / 03 de novembro de 2015
Foto: Arquivo
“É uma alegria poder mostrar para o público nossa trajetória através dos espetáculos teatrais”, afirma Maria Mourão, produtora da companhia mineira 4los5 (ou Quatroloscinco), que apresenta seu repertório (quase) na íntegra dentro da programação da 6ª Mostra de Teatro de Grupo (MTG), realizada pelo grupo Ser Tão Teatro, que acontece até o próximo domingo.

Na bagagem, o grupo formado por Assis Benvenuto, Ítalo Laureano, Marcos Coletta, Rejane Faria e Maria Mourão traz os espetáculos É Só Uma Formalidade, Outro Lado, Get Out! e Humor. O único projeto que não será apresentado em solo paraibano é Ignorância, nova montagem da companhia.

Criado há oito anos por graduandos de Artes Cênicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Quatroloscinco surgiu por um motivo muito simples: a vontade de fazer teatro. “Isso nos norteia desde sempre. Nosso fazer teatral é muito autoral e parte dos nossos desejos, das angústias e do que nos inquieta”, pontua Mourão.

De acordo com Maria, os brainstorms do grupo, na hora de elaborar um espetáculo, se alimentam de elementos da vida cotidiana de cada ator, que também é dramaturgo. “As criações são coletivas e nós basicamente vamos ordenando o que pensamos de maneira coletiva”, completa. O primeiro deles, É Só Uma Formalidade, traz uma série de elementos pessoais para a cena: portas-retratos, fotografias de parentes e até trechos da filmagem do casamento de uma das integrantes do grupo.

A proposta é refletir questões humanas das mais diversas. “Às vezes não trazemos questões existenciais com base em não-histórias, tendo o não-acontecimento como base”, conta. Um bom exemplo é Outro Lado, um recorte de cena que provoca o espectador a completar os elementos ocultos utilizando a própria imaginação.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas