quarta, 14 de novembro de 2018
Teatro
Compartilhar:

Atriz Janaína Leite trabalha bilhetes do pai doente na peça ‘Conversas com Meu Pai’

André Luiz Maia / 30 de setembro de 2016
Foto: MILTON DÓRIA/ DIVULGAÇÃO
Apropriar-se de acontecimentos pessoais e íntimos e utilizá-los como combustível para a criação cênica não é algo inédito no teatro. Mas na peça apresentada durante este fim de semana no Centro Cultural Piollin, a experiência de Janaina Leite para montar Conversas com Meu Pai foi intensa, chegando a durar sete anos.

Janaina é atriz, dramaturga, diretora e pesquisadora, integrante e uma das fundadoras do premiado Grupo XIX de Teatro, de São Paulo. O espetáculo, que foi contemplado pelo Prêmio Myriam Muniz 2015, é um desdobramento de sua pesquisa com teatro documental.

"Eu já tinha desenvolvido um espetáculo com essa linha, chamado Festa de Separação, com meu ex-marido, fruto da minha pesquisa de mestrado, que será publicada em livro pela Perspectiva. Na mesma época, começou a pesquisa para Conversas com Meu Pai, em 2008", comenta a atriz.

Em uma velha caixa de sapatos, Janaina guarda uma infinidade de bilhetes que trazem frases escritas por Alair, seu pai, que sofreu uma traqueostomia e perdeu a capacidade da fala. Com base nesses diálogos em papel, ela foi fazendo um trabalho de resgate da memória ao longos dos sete anos, que culminaram na morte do pai.

Apesar disso, não se trata de uma reprodução dos acontecimentos, mas, sim, um trabalho dramatúrgico com base na experiência de Janaina. De certa forma, o espetáculo encontra um terceiro lugar, dissolvendo as barreiras entre ficção e realidade, enquanto elas se misturam. "É importante ressaltar isso, pois apesar do processo de pesquisa ser meu, a dramaturgia é de outra pessoa, no caso, Alexandre Dal Farra", explica Janaina.

No sábado, a partir das 14h, Janaina ministra uma oficina, intitulada Cena Depoimento. A ideia é introduzir noções-chave da cena contemporânea como “performatividade” e “cena documental” a partir da perspectiva autobiográfica.

‘Conversas com meu pai’

Do Grupo XIX de Teatro

De sexta a domingo, às 20h. No Centro Cultural Piollin (R. Sizenando Costa, s/nº, Roger, João Pessoa – 8709.0708/ 8749.6883 – http://www.piollin.org.br – https://pt-br.facebook.com/CentroCulturalPiollin).

Classíficação: 14 anos

Entrada franca

Relacionadas