quarta, 20 de novembro de 2019
Teatro
Compartilhar:

Peça carioca ‘Caranguejo Overdrive’ será apresentada em Campina e João Pessoa

André Luiz Maia / 30 de maio de 2017
Foto: Divulgação


Apesar da lama, resistimos. Em Caranguejo Overdrive, da carioca Aquela Cia. de Teatro, essa é a analogia utilizada para representar a trajetória de um homem que, mesmo diante de brutais adversidades, ainda carrega dentro de si o poder transformador da criação. Hoje, o espetáculo desembarca em Campina Grande. Na sexta, é a vez de João Pessoa.

Na premiada peça – levou estatuetas de melhor autor, diretor e atriz no Prêmio Shell de Teatro –, conhecemos a história de Cosme, que trabalhou como catador de caranguejos do mangue carioca do século XIX. Convocado para a Guerra do Paraguai, guarda traumas que o levam às vias da loucura. De volta ao Rio, encontra uma cidade transformada. Em meio à confusão da vida urbana, começa a pensar que é um caranguejo.

A peça trabalha a analogia do mangue para falar sobre as opressões e como isso serve para minar potências. “O Brasil tem muito disso, essa lama na qual o poder criativo se engembra”, pontua o diretor Marco André Nunes. A trama entrelaça as observações de dois pernambucanos, o geógrafo Josué de Castro e de Chico Science, criador do manguebeat. “Fico feliz de poder trazer a peça para o Nordeste”, completa Marco.

Relacionadas