segunda, 18 de janeiro de 2021

Cultura
Compartilhar:

Quinteto da Paraíba lança site oficial e DVD

Audaci Junior / 10 de março de 2017
Foto: Divulgação
“Qualquer conjunto de quinteto de cordas começa fazendo aquela coisa tradicional da música europeia que vem do Haydn, Mozart e Bethoveen (...). Assume a facilidade de tocar esse repertório de 400 anos de idade. E o Quinteto da Paraíba, desde o começo, já se propôs a inventar uma coisa completamente diferente, ou seja, começar do zero, o que não é muito fácil estabelecer uma linguagem totalmente brasileira para instrumento de arco”, analisa o maestro Nelson Ayres em um dos depoimentos de O Prinspe Alumioso (assim mesmo, com "s" e sem o "i").

O DVD será lançado nesta sexta-feira, junto com o site oficial do quinteto (www.quintetodaparaiba.com.br), a partir das 21h, na Tamarindeira Processos Criativos, localizado no bairro do Miramar, em João Pessoa.

A ideia do registro de O Prinspe Alumioso partiu das comemorações dos 25 anos do grupo paraibano, celebrado em 2014, mas que não partisse do convencional, de acordo com o contrabaixista Xisto Medeiros, que também assina a produção e a direção musical do DVD.

“Temos muita imagem de arquivo, mais de 40 horas de gravação do quinteto”, aponta o músico. “Queríamos que o assunto fosse sempre costurado com a música. Tentar contar a nossa história e, ao mesmo tempo, algo que fosse a nossa verdade”.

Com um montante tão grande de registros da trajetória do Quinteto da Paraíba, Xisto revela que serão disponibilizadas no site oficial, através de um canal do Youtube, as apresentações na íntegra dos músicos em diversos momentos, inclusive as internacionais, em lugares como Paris, na França, no Porto, em Portugal, e em Granada e Madri, ambas na Espanha, dentre outras.

Sandália de dedo. Além de Xisto Medeiros (membro desde a segunda fase, no começo dos anos 1990), a atual formação do Quinteto da Paraíba tem Thiago Formiga (violino), Ronedilk Dantas (violino), Ulisses Silva (viola) e Nilson Galvão (violoncelo).

“De forma mais descontraída possível”, o DVD apresenta sequências inéditas gravadas durante uma semana na qual os músicos passaram no seu “QG”, uma casa situada na Praia de Tabatinga, no Conde, na Região Metropolitana de João Pessoa.

“Qualquer hora a gente fazia música”, relembra Xisto. “O ponto de partida do DVD foi fazer o que a gente sempre faz, ensaiando com a mesma roupa, de sandália havaiana, do jeito que sempre foi”.

“Já tem uma presença marcante na história da música brasileira, dentro de uma formação tradicional da música européia”, relata o brincante Antônio Nóbrega no DVD. “Só que aqui, dentro do Brasil, eles como que flexibilizam essa formação através da inclusão do contrabaixo que – a meu ver – faz toda a diferença porque esse instrumento traz uma pulsação rítmica, uma dinâmica rítmica, e faz com que a música brasileira, dentro desse conjunto, seja muito mais bem representada”.

Sobre isso, Xisto cita o maestro Cyro Pereira (1929-2011), que dizia ser impraticável marcar um ritmo sincopado para as cordas, já que o arco impossibilita isso. “O quinteto ‘quebra’ esse paradigma”, afirma o contrabaixista. “A música nordestina é principalmente síncope e somos da terra de Jackson do Pandeiro, o cara mais sincopado do mundo.”

Na agenda, o Quinteto da Paraíba terá um concerto no dia 12 de abril, às 20h, na Igreja São Francisco, Centro de João Pessoa, com o Coro de Câmara Villa-Lobos, sob a regência do maestro Carlos Anísio.

Relacionadas