quinta, 21 de janeiro de 2021

Cinema
Compartilhar:

‘Que horas ela volta?’ é o candidato brasileiro no Oscar 2016

Renato Félix / 11 de setembro de 2015
Foto: Divulgação
Como já era esperado, o filme Que Horas Ela Volta? (2015), de Anna Muylaert, foi anunciado ontem pela manhã pelo Ministério da Cultura como o represnetante brasileiro na corrida pelo Oscar de filme de língua não inglesa (ou “filme estrangeiro”, como é popularmente conhecido). Era a escolha lógica, mediante a repercussão nacional que o filme vem obtendo, inclusive já sendo apontado por sites e revistas americanas e inglesas como forte candidato ao prêmio.

O filme, que segue em cartaz em João Pessoa, disputava a vaga com outras sete produções: A História da Eternidade, de Camilo Cavalcante (que tem Zezita Matos e Marcélia Cartaxo no elenco), Alguém Qualquer, de Tristan Aronovich, Campo de Jogo, de Eryc Rocha, Casa Grande, de Fellipe Barbosa, Entrando numa Roubada, de André Moraes, Estrada 47, de Vicente Ferraz, e Estranhos, de Paulo Alcântara.

A comissão foi composta por Lula Oliveira, do MinC, o cenógrafo Marcos Flaksman; o crítico Rodrigo Fonseca; o diretor Daniel Rodrigues da Silva Ribeiro, Eduardo Novelli Valente (da Ancine), o chefe do Departamento Cultural do Ministério das Relações Exteriores, George Torquato Firmeza, e Silvia Rabello (da Academia Brasileira de Cinema).

Agora, o filme entra em um rol com os indicados por outros países que serão assistidos e avaliados por uma comissão que via indicar os nove pré-indicados e, depois, os cinco indicados. O último brasileiro que chegou entre os cinco foi Central do Brasil, em 1999. E o último que chegou entre os nove foi O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias, em 2008.

Saiba mais na edição de hoje do Jornal Correio da Paraíba. 

Relacionadas