segunda, 24 de junho de 2019
Cultura
Compartilhar:

Nova edição do No Ar Coquetel Molotov acontece neste fim de semana em Recife

André Luiz Maia / 18 de outubro de 2017
Foto: RAFAEL PASSOS
O Coquetel Molotov é um dos festivais de música que conseguiu prestígio ao longo dos anos, conseguindo vender ingressos antes mesmo de anunciar qualquer atração. Sua décima quarta edição acontece no próximo sábado no Recife e espera reunir público de vários estados vizinhos, incluindo a Paraíba.

O line-up é diverso, indo deste o ex-Mutante Arnaldo Baptista até Rincon Sapiência, Linn da Quebrada, Kiko Dinucci, bandas estrangeiras como DIIV e Hinds, até o maracatu de Lia de Itamaracá. O evento conta com o patrocínio do Natura Musical, que patrocina também a ida de O Terno, Giovani Cidreira e Curumin. A programação completa pode ser conferida no site oficial do festival (https://goo.gl/DKjszk) Ao longo dos anos, a organização do evento foi notando o aumento do interesse por parte do público de outras cidades e estados, tanto é que já realizou edições em lugares como Belo Horizonte e Belo Jardim, este último no interior de Pernambuco. "O Nordeste sempre teve esse costume de fazer caravanas para curtir festivais e desde a época que o No Ar estava no Teatro da UFPE notávamos vans e ônibus vindo. Naquela época, só ficávamos sabendo no dia. Com o Facebook, a galera pode divulgar melhor e já ficamos atentos. Eu acho fantástico. Fiquei impressionada que vendemos 200 ingressos para o Rio de Janeiro", comenta Ana Garcia, idealizadora do No Ar Coquetel Molotov.

O pernambucano Romero Ferro sente o impacto do Molotov antes mesmo de ter ingressado na carreira artística. "É um festival muito importante não apenas para a cidade, mas para Pernambuco e estados vizinhos. Já frequentei o Molotov enquanto espectador algumas vezes e sempre foi uma oportunidade de ver trabalhos de artistas bem de perto que eu não teria outra chance", comenta. O músico comemora um ano do lançamento de seu primeiro álbum, Arsênico, em uma performance no Palco AESO.

O disco lhe rendeu indicação de melhor cantor na categoria canção popular do Prêmio da Música Brasileira, ao lado de Luiz Caldas e Odair José. Diretamente de São Paulo, a NoPorn se apresenta pela primeira vez no Recife. A dupla de DJs formada por Liana Padilha e Luca Lauri já são conhecidos na noite paulistana e em 2006 lançaram um disco contendo a união inusitada de batidas eletrônicas e versos recitados tratando de temas como sexo e relações amorosas, como uma espécie de trilha sonora metalinguística. O segundo trabalho do duo só veio no ano passado. "Nesses últimos dez anos, a tecnologia pro tipo de música que fazemos melhorou muito. NoPorn é a nossa forma de falar de um tipo de sexo que não precisa ser escondido", conta Liana.

Relacionadas