quinta, 27 de junho de 2019
Música
Compartilhar:

Universal lança 15 discos com a maior compilação da obra de Jackson do Pandeiro

Kubitschek Pinheiro / 05 de julho de 2016
Foto: Divulgação
Números: 235 faixas, de 15 álbuns, reunidas em nove discos, é o traz a caixa Jackson do Pandeiro – O Rei do Ritmo, que reúne uma das fases mais raras do artista paraibano de se encontrar no mercado. Um trabalho que começou há quase 10 anos, projeto de Alice Soares, gerente do marketing estratégico da Universal Music, com Maysa Chebabi, coordenadora de label copies da gravadora e o produtor Rodrigo Faour.

“Desde a primeira vez que tentamos relançar algo dele na Universal Music, nesses dez anos, o projeto foi crescendo e as dificuldades também”, diz Faour, ao CORREIO. “Muitas faixas sem editora musical, autores falecidos, outros sem herdeiros diretos, capas originais dificílimas de encontrar. Foi um longo tour. De todas as 245 faixas gravadas por ele na Copacabana e Philips conseguimos liberar 235. É uma vitória”.

Uma fonte que serviu de roteiro para esse projeto foi a biografia feita pelos jornalistas paraibano Fernando Moura e Antonio Vicente, que tem o mesmo nome da caixa e foi lançada em 2001 pela Editora 34. “Obtive informações fundamentais para escrever o texto do encarte”, conta Faour.

Valioso – para não dizer essencial – o resgate. São seis CDs duplos e três simples. “A ideia no começo era relançar todos os discos com as capas originais, mas como teve algumas faixas que não conseguimos autorizar, seria ruim lançá-los desfalcados”, explica o produtor. “O único jeito foi reuni-los nestas compilações – mas segui a ordem original dos discos. Quando acaba um começa outro. E coloquei as capas originais nos encartes para que as pessoas saibam de onde retiramos cada faixa. A vantagem é que no fim das contas barateou a caixa”.

Outro destaque é a compilação de mais de 60 faixas avulsas de compactos e principalmente de discos dedicados às festas juninas e ao carnaval, que foram resgatados. “Na verdade, o levantamento do repertório eu fiz com a ajuda de alguns amigos e tirei dúvidas com alguns especialistas na obra dele. Jackson gravou muitos 78 rpm e LPs coletivos juninos e carnavalescos. Isto não podia ficar de fora”, comenta ele. “Quase tudo da caixa era raro, então foi uma bola de neve de dificuldades...”.

Leia Mais

Relacionadas