quarta, 28 de outubro de 2020

Música
Compartilhar:

Paraibano Salomão Soares participa de concurso de piano em festival suíço

André Luiz Maia / 20 de junho de 2017
Foto: Luan Cardoso DIVULGAÇÃO
O tradicional Montreux Jazz Festival, na Suíça, é referência mundial do gênero, embora também abrace diversos gêneros musicais em seus shows. Vários brasileiros já passaram por lá, como Hermeto Pascoal, Elis Regina, Daniela Mercury, Ivete Sangalo e Gilberto Gil, mas agora outro brasileiro faz a diferença por lá, desta vez em um concurso de piano. Comente no fim da matéria.

O paraibano Salomão Soares é o único representante da América Latina selecionado para disputar o título de melhor pianista do festival, que acontece entre os dias 30 de junho e 15 de julho. Ele apresentará ao todo quatro canções no festival, dentre elas sua composição autoral “Boizinho universal”, que pode ser ouvida em https://goo.gl/THoJxr.

Mais do que ter sido selecionado, Salomão conta que a surpresa maior se deu por conta dos termos de sua aceitação. “Quando se fala de jazz, há alguns grupos de pessoas e organizações que se restringem apenas a uma forma de se fazer esse tipo de música”, pontua. “Boizinho universal” traz para o universo do piano ritmos com o bumba meu boi, o frevo e o forró. Além disso, gravou uma versão para “Loro”, do também brasileiro Egberto Gismonti. “Um festival tão tradicional de jazz abraçar essa proposta me deixou muito feliz”, completa Salomão Soares.

Embora não tenha planos de lançar um trabalho solo, ele produziu e participou da banda que gravou Casa que É Mundo, disco da cantora paraibana Rinah. O registro deve ser lançado ainda este ano, reverenciando compositores paraibanos como Adeildo Vieira, Paulo Ró, Chico Limeira e Gustavo Limeira.

Relacionadas