terça, 25 de junho de 2019
Música
Compartilhar:

Parafuso será homenageado no Parque do Povo

Blog Festar Muito / 24 de outubro de 2016
Foto: Divulgação
As homenagens a Carlos Albuquerque de Melo, o zabumbeiro Parafuso, que faleceu no início deste mês, durante turnê na Europa, começam às 10h desta terça-feira (25), na Pirâmide do Parque do Povo, em Campina Grande.

Os restos mortais do artista paraibano, integrante do grupo Os 3 do Nordeste, desembarcam no Aeroporto Internacional dos Guararapes, em Recife, no final da tarde desta segunda-feira (24). Em seguida, o vocalista Deda, o sanfoneiro Hedran e o filho de Parafuso, Luiz Carlos, seguem para Campina Grande levando a urna onde estão as cinzas do artista.

O grupo deve chegar a Campina às 18h e, nesse primeiro momento, apenas a família terá acesso à Pirâmide. A visitação pública ao velório está prevista para se iniciar às 20h.

No dia seguinte (25), a família, amigos, autoridades, artistas e fãs farão as últimas homenagens a Parafuso, com a participação da Banda de Música da Polícia Militar. Às 15h, a urna com as cinzas será levada em carro do Corpo de Bombeiros para o Cemitério do Monte Santo, onde os restos serão depositados. Lá também foi sepultado o sanfoneiro Zé Pacheco, outro membro dos 3 do Nordeste, falecido em 1994.

Como foi

Carlos Albuquerque de Melo, 76 anos, morreu na cidade de Colônia, na Alemanha, logo após o primeiro show da turnê europeia. Depois da apresentação, ele recebeu fãs no camarim e seguiu oara o hotel, onde sentiu-se mal. O artista foi levado a um hospital, onde permaneceu todo o domingo e falecei na madrugada da segunda-feira (4), em decorrência de enfarte e acidente vascular cerebral (AVC).

Até a liberação, foram mais de 20 dias de trâmites legais que foram cumpridos pela família até a cremação do corpo e viagem de volta ao Brasil.

Relacionadas