terça, 19 de janeiro de 2021

Luto
Compartilhar:

Morte do presidente do Treze, Petrônio Gadelha, repercute no futebol paraibano

Luís Eduardo Andrade / 02 de março de 2017
Foto: Assessoria Campinense Clube
O presidente do Treze Futebol Clube, Petrônio Gadelha, faleceu na madrugada desta quinta-feira (2), e a morte do dirigente gerou repercussão de várias pessoas e órgãos ligados ao futebol.

Maior rival

O maior adversário do Treze, o Campinense Clube, deixou a rivalidade dentro de campo e divulgou uma nota de pesar em suas redes sociais onde expressa tristeza e consternação pela morte de Petrônio. O presidente da raposa, William Simões decretou luto oficial.

Federação Paraibana

A Federação Paraibana de Futebol, em nome do presidente Amadeu Rodrigues se solidarizou com todos os amigos, familiares de Petrônio e toda nação trezeana pela perda do dirigente. Ainda, a FPF decretou luto oficial de três dias e que em cada partida da 11ª rodada do Campeonato Paraibano seja prestado um minuto de silêncio em respeito ao presidente falecido.

Solidariedade do Sertão

O Sousa Esporte Clube também expressou seu pesar por meio do presidente Aldeone Abrantes, conterrâneo de Petrônio, que também era natural de Sousa. Em rede social, Aldeone expressou solidariedade Aos torcedores do Treze. “Desportista nato e grande ser humano. Nossos sentimentos à família trezeana.”, declarou o presidente do Dinossauro do Sertão.

Belo gesto

O Botafogo da Paraíba também demonstrou respeito com os torcedores do Treze e familiares de Petrônio. Em nota, o clube manifestou dor e apoio a família e amigos do presidente para superar essa inestimável perda.

Relacionadas