segunda, 24 de setembro de 2018
Literatura
Compartilhar:

Políbio Alves lança novo livro e traça a trajetória de Cuba e poesia

Renata Escarião / 18 de março de 2016
Foto: Divulgação
Neste sábado (19), o poeta paraibano Políbio Alves lança, na Livraria do Luiz, La Habana Vieja – Olhos de Ver, às 10h. Integrante de uma trilogia que terá as outras duas obras publicadas ainda este ano em Cuba, o livro de poemas remete a toda a trajetória do país, desde a sua origem até os dias atuais. Políbio conta que entre 1996 e 2013 fez 12 viagens ao país.

“Essas viagens me trouxeram experiências sobre o país tão positivas. Uma pátria de lutadores na maior ilha das Antilhas. É dessa construção e reconstrução através dos seus ancestrais que falo no livro, dos fundamentos culturais e históricos de Cuba”, disse Políbio.

O escritor destacou ainda que os outros dois livros que compõem a trilogia, A Leste dos Homens e A Traição de Hemingway estão sendo traduzidos e serão lançados em Cuba ainda este ano. No lançamento, La Habana Vieja será apresentado pelo professor, doutor em estudos da linguagem, Peterson Martins Alves Araújo, que atuou como professor de Literatura Brasileira e Língua Portuguesa em diversas instituições de ensino do estado.

Políbio Alves nasceu em João Pessoa. É ficcionista e poeta, formado em Ciências Administrativas. Desde l974 possui o título de cidadão carioca – viveu no Rio por mais de 15 anos. Literário da Tribuna da Imprensa, anos 1960 e 1970, tem trabalhos em antologias e periódicos, nacionais e em outros países como Estados Unidos, Alemanha, Portugal e Cuba. Recebeu vários prêmios literários, alguns internacionais.

Entre as obras de sua autoria estão O que Resta dos Mortos, Exercício Lúdico – Invenções de Armadilhas, Passagem Branca e Varadouro, livro-poema publicado em 1989, e o recente Os Ratos Amestrados Fazem Acrobacias ao Amanhecer, publicado ano passado.

Relacionadas