segunda, 10 de maio de 2021

Literatura
Compartilhar:

Morando na Paraíba, escritor inglês aborda assuntos históricos do Nordeste

Edson Verber / 02 de dezembro de 2018
Foto: Divulgação
O escritor William Edmundson, nascido em Blackburn (condado de Lancashire, noroeste da Inglaterra), mudou-se para a Paraíba, onde casou e trabalha. E desde então tem escrito sobre o Nordeste. Seu último livro é a biografia de um dos maiores brasileiros de todos os tempos, Delmiro Gouveia, que acaba de ser publicado pela Editora Ideia em João Pessoa. De seus sete livros, cinco são sobre o Nordeste.

Eddie avalia que a biografia de Delmiro Gouveia é, de seus livros, o que retrata melhor o Nordeste, seu povo, sua economia. “É uma história bem nordestina, pois Delmiro atravessava o interior de vários estados, comprando peles de cabra e ovelha e, chegou ao auge, deixando como legado a Hidrelétrica de Paulo Afonso, a primeira do Nordeste, que 35 anos depois virou a Chesf e que fornece energia para mais de 45 milhões de pessoas”, diz o autor, lembrando que Delmiro Gouveia era conhecido como ‘o Mauá do Nordeste’, ‘o coronel dos coronéis’ e ‘o Rei das Pelles’.

Ainda sobre Delmiro Gouveia garante que ele “foi um verdadeiro pioneiro e visionário". A história da Chesf remonta à Usina Angiquinho que ele construiu em Paulo Afonso, Alagoas, em 1913. "Fiz uma visita a Paulo Afonso, onde, com permissão especial da Chesf, desci as escadas para conhecer a casa de turbinas da Usina Angiquinho. E a Delmiro Gouveia, Alagoas, para conhecer a Estação Ferroviária da Pedra, a famosa Fábrica da Pedra, e vestígios da Vila dos Operários”. A biografia é fruto de um ano intenso de leituras, investigações, pesquisas em acervos digitais no Brasil e na Grã-Bretanha.

Mas o livro que escreveu e que aborda diretamente a Paraíba foi A História da Caça de Baleias no Brasil: De Peixe Real a Iguaria Japonesa. Também escreveu A Gretoeste — A História da Rede Ferroviária Great Western of Brazil, que trata de uma das redes ferroviárias mais importantes do Brasil.

O livro examina o panorama histórico e econômico em todo o Brasil para explicar como o fenômeno ferroviário britânico deu o impulso inicial para modernizar o Brasil no século XIX. O texto também ressalta como as companhias ferroviárias britânicas, no Nordeste, tiveram papel de destaque no processo da abolição, e como a chegada de operários ferroviários estrangeiros ajudou a tornar o trabalho assalariado mais digno.

“Delmiro Gouveia – biografia de um pioneiro”

De William Edmundson

Editora: Ideia

Preço: R$ 50

Relacionadas