sábado, 05 de dezembro de 2020

Literatura
Compartilhar:

Antonio Celso Barbieri autografa ‘O Livro Negro do Rock’ em JP

André Luiz Maia / 21 de julho de 2018
Foto: Divulgação
Por que o rock é considerado como uma cria do diabo? Quais são as conexões do gênero musical com o ocultismo? As questões são polêmicas e patinam entre a curiosidade e o sensacionalismo. O músico e escritor Antonio Celso Barbieri promete uma abordagem respeitosa com O Livro Negro do Rock, que será lançado hoje em João Pessoa. A apresentação da obra é feita por Tarcisio Almeida, diretor do estúdio Pindorama, e ainda contará com uma performance do paraibano Geovan Morais.

Dividido em 21 capítulos, o livro foi fruto de uma investigação sobre as relações do rock com os estudos do ocultismo, especialmente sobre a obra de Raul Seixas. Barbieri mora em Londres desde o fim dos anos 1980, mas há alguns anos mantém um site sobre o gênero, recebendo bastante feedback por e-mail. “Uma das mensagens era de Zhema, líder da banda brasileira Vulcano, uma pessoa muito ligada ao Oculto, especialmente em relação aos ensinamentos do mago Aleister Crowley. Ele me deu informações importantes para começar a explorar esse tema a fundo”, conta.

Barbieri promete não trazer um livro de curiosidades ou um compilado de teorias da conspiração. Ao invés disso, ele faz uma análise de simbologias contidas em obras de bandas como Black Sabbath e Led Zeppelin, além de explicar as origens do rock, chegando a descobrir linhas mais radicais.

O autor lembra que as raízes do gênero musical vieram dos negros norte-americanos. “Não é segredo para ninguém que negros eram muito discriminados, então os brancos mais conservadores associavam suas práticas e costumes ao satanismo. Quando surge o rock, uma mistura do rhythm & blues com o country, não demorou para fazerem esta associação”, explica o escritor.

Ao longo do tempo, essas conexões foram se estreitando por conta dos trabalhos de grandes nomes do rock mundial, que buscavam em linhas ideológicas consideradas marginais e transgressoras o alimento para seu desenvolvimento.

Conspirações à parte, o livro contém um material de pesquisa extenso e se estende em questões como as religiões e seitas que ajudam a esclarecer o raciocínio por trás da simbologia presente na cultura do rock n' roll.

“O livro negro do rock”

De Antonio Carlos Barbieri

Editora: Livre Expressão. Páginas: 240. Formato: 16 x 23cm. Preço: R$ 40.

Lançamento hoje, às 11h.

O Sebo Cultural (Av. Tabajaras, Centro, João Pessoa – http://www.osebocultural.com)

Entrada franca

Relacionadas