terça, 13 de novembro de 2018
HQ
Compartilhar:

Fidel em HQ paraibana?:Líder da Revolução Cubana inaugura nova coleção da editora Patmos

André Luiz Maia / 10 de setembro de 2016
Foto: Divulgação
A Patmos Editora é conhecida por seu trabalho com a coleção Primeira Leitura, que traz a história de personalidades paraibanas em formato de quadrinhos, como Augusto dos Anjos, João Pessoa e, mais recentemente, Horácio de Almeida. Seguindo a mesma linha, o grupo inaugura uma nova coleção, intitulada Top 5, com a trajetória de figuras importantes da história mundial transposta para a linguagem das HQs. O primeiro da leva é Fidel Castro, o Herói da Sierra Maestra.

Com roteiro do jornalista e escritor Walter Galvão e ilustrações de Lelo Alves, o livro trata da história de uma das figuras mais emblemáticas da América Latina. Fidel Castro foi líder da Revolução Cubana, que instaurou um regime comunista no país, no início da década de 1950.

Filho de um latifundiário que chegou da Espanha pobre e de uma camponesa cubana filha de um pequeno fazendeiro que perdeu tudo durante um furacão, Fidel era carismático e dominava táticas militares, dois elementos fundamentais para conseguir efetivar o levante popular que derrubou o golpe de estado impetrado por Fulgencio Batista, em 1952.

A proposta de publicar a história de Fidel no formato partiu do próprio Walter Galvão, com o objetivo de difundir para leitores de qualquer idade esse episódio da política moderna, que, nas palavras de Galvão, "simboliza aspectos cruciais da identidade cultural da América ibérica".

O roteiro não se isenta em expor Fidel como um líder contraditório, representante de uma esquerda autoritária e da tradição revoltosa contra o imperialismo colonial ibérico, mas procura trazer um retrato mais amplo do personagem histórico. Fidel comandou o país até 2006.

Relacionadas