terça, 19 de janeiro de 2021

Cultura
Compartilhar:

Fim de temporada dos espetáculos em JP

André Luiz Maia / 17 de fevereiro de 2017
Foto: Divulgação
Este fim de semana é a última oportunidade de conferir os espetáculos O Surto e o novo do Pastoril Profano, As Cangaceiras do Humor. Pelo menos, por enquanto. Encerram-se neste domingo as temporadas de verão de ambos os espetáculos, um apresentado no Teatro Ednaldo do Egypto, enquanto o outro conta com sessões no Teatro de Arena do Espaço Cultural.

Ao invés de uma, a Cara Dupla Cia. de Teatro apresenta duas experiências diferentes em um mesmo espetáculo. No primeiro ato, uma esquete com as personagens gêmeas Diet e Light, interpretados pelos atores gêmeos Romildo e Romilson Rodrigues, fazem uma espécie de terapia teatral. Na conversa, elas fazem piadas com o próprio ofício da atuação.

Já no segundo ato, é encenada uma adaptação da comédia O Rico Avarento, escrita por Ariano Suassuna. A história gira em torno do avarento do título, um senhor rico e muquirana que contrata o humilde Seu Tomé para trabalhar. Sob o ponto de vista de Tomé, o público observa a mesquinhez do senhor rico em pequenos episódios, como sua resistência a visitar a casa da mãe, apenas para que ela não visite a dele e a negação aos pedidos de mendigos. As coisas se complicam quando o próprio diabo faz uma visita e lhe dá um ultimato.

Já As Cangaceiras do Humor traz o primeiro espetáculo do Pastoril Profano sem a presença de Biuzinha, interpretada por Adeílton Pereira, morto no ano passado. A história se passa em duas cidades fictícias. As pastoras se envolvem em uma confusão e despertam a fúria do neto de um possível ex-cangaceiro do bando de Lampião.

Relacionadas