domingo, 15 de julho de 2018
Exposição
Compartilhar:

Juliana Fiorese mostra nova leva do seu trabalho em exposição

André Luiz Maia / 18 de abril de 2018
Foto: DIVULGAÇÃO
Juliana Fiorese vem apresentando seus trabalhos de ilustração na Paraíba há algum tempo. A partir desta quarta-feira (18), os pessoenses poderão ter mais uma chance de conferir a exposição O Canto Celestial do Oceano Infinito, em cartaz no Hall de Exposições da Energisa, na sede da empresa, localizada no bairro Cristo Redentor.

Ao todo, são treze obras que servem como porta de entrada para o universo imagético da ilustradora. “Eu me inspirei no universo dos oceanos, misturando com um pouco de fantasia e da parte lúdica”, conta, em rápida entrevista ao Correio. Desde pequena, ela se viu fascinada pela grandiosidade da fauna marítima e pelos segredos escondidos pela imensidão dos oceanos.

Essa curiosidade foi amplificada pelo seu contato com a literatura. "Obras literárias como Moby Dick e 20 Mil Léguas Submarinas me ajudaram a criar estes universos”, completa. Suas obras, de maneira geral, se conectam com a literatura de alguma forma.

Em seu site (www.julianafiorese.com.br), ela apresenta diversos produtos e reproduções de suas ilustrações, inspiradas em paixões literárias. Tem marcadores de página e postais com referências a Edgar Allan Poe, Harry Potter, além de seu trabalho autoral.

Juliana nasceu em Bedfordshire, na Inglaterra, e ainda pequena veio para João Pessoa, onde teve uma infância alegre, recheada de brincadeiras e gibis. Aos poucos, descobriu o desenho. Graduada em Arquitetura e Urbanismo, Design Gráfico e pós-graduada em Comunicação e Marketing para as mídias digitais, Juliana começou, ainda na faculdade, a dedicar um pouco mais do seu tempo à ilustração.

Em 2014, decidiu parar de fazer outros tipos de trabalho e agora se dedica exclusivamente à arte, realizando desenhos, ilustrações, pintura e colagem digital. Ao longo dos anos, conseguiu integrar coletivas de artistas e emplacar exposições individuais. Sua ferramenta de divulgação é a internet, especialmente seu Instagram (@julianafiorese), no qual já tem mais de 24 mil seguidores que acompanham suas atividades.

A exposição O Canto Celestial do Oceano Infinito ainda passará por galerias de Patos e Campina Grande até junho. Além disso, ela também já está desenvolvendo outros trabalhos, mas prefere ainda não revelar detalhes.“Ainda está bem no comecinho, então eu prefiro esperar um pouco. Mas, para quem estiver curioso sobre meu trabalho, mantenho meu site atualizado constantemente com ilustrações e produtos”, completa a ilustradora.

Relacionadas