sexta, 27 de novembro de 2020

Espetáculo
Compartilhar:

‘Chacrinha – O Musical’ será apresentado neste sábado em João Pessoa

André Luiz Maia / 03 de setembro de 2016
Foto: Caio Gallucci/DIVULGAÇÃO
Sábado é hora de mandar um alô para a Terezinha, de abacaxi, de bacalhau e de uma boa mandioca. Dia de feira? Quase isso. O Cassino do Chacrinha, criação de possivelmente maior comunicador popular da televisão brasileira, é montado mais uma vez, desta vez no Teatro Pedra do Reino. É Chacrinha – O Musical, uma recapitulação da trajetória do Velho Guerreiro.

Em cena, há uma verdadeira reconstituição do programa de auditório, e, como não poderia faltar, as exuberantes chacretes, com trajes mínimos e sensualidade que não pareciam chocar a população que assistia ao programa durante as tardes de sábado dos anos 1960 aos 1980.

Tudo isso serve de gatilho para os nostálgicos da plateia. Na pele de Abelardo Barbosa, o Chacrinha, está Stepan Nercessian, em sua volta ao teatro após dez anos afastado. "É uma superprodução. O elenco, o cenário, o figurino, é tudo muito grandioso. Mexe muito com o imaginário das pessoas, com a memória de quem viu o programa ou o conheceu", explica.

Mas o que parece algo ótimo, ao lidar com a história de uma figura querida e que com certeza promove diversão a quem vai assistir à peça, também se transforma um grande abacaxi, a ser descascado principalmente por Stepan. Como dar vida a um personagem que está tão vivo nas mentes e dos corações de tanta gente?

"Um personagem como o Chacrinha, além de ser alguém que todo mundo imita, ele é marcante por conta de sua fantasia, que sempre mudava o visual, e era muito palhaço. Um cara de muito personalidade", comenta o ator. Como forma de precaução, decidiu ir por outra linha, ao invés da mera imitação.

Não assistiu exaustivamente aos programas de TV com o comunicador. Preferiu mergulhar em sua história, no material biográfico coletado pela produção. "Antes de mais nada, quis pegar o espírito do Chacrinha, entender quem era esse ser humano, saber a fonte dessa alegria, pois não sabia qual seria o resultado", explica. Ele se diz um péssimo imitador e é humilde ao responder os elogios sobre o resultado final. "Acredito que o que se vê em cena é metade fruto desse esforço e a outra o resultado desses milagres que só o teatro proporcionam", declara Nercessian.

A ideia do espetáculo é proporcionar não somente um momento de nostalgia para quem já conhecia a figura de Chacrinha, mas também levar sua história e o legado que ele deixou para a TV brasileira para novas gerações. "Ele fez história e fico especialmente honrado em poder apresentar para os mais jovens, a partir desse musical, a história de Chacrinha. É necessário para entender o que é a televisão e até mesmo a cultura brasileira hoje", complementa.

‘Chacrinha – O Musical’

Texto: Pedro Bial e Rodrigo Nogueira. Direção: Andrucha Waddington.

Hoje, às 21h. No Teatro Pedra do Reino (entro de Convenções, PB-008, km 5, João Pessoa – 9.9142.5892 – http://www.cecon.pb.gov.br). Informações: https://www.facebook.com/casadetaipaprod.

Classíficação: livre

Ingressos: R$ 100 (plateia/ inteira), R$ 50 (plateia/ meia, plateia B popular/ inteira e balcão/ inteira), R$ 25 (plateia B popular/ meia e balcão/ meia), à venda pela internet (https://www.ingressorapido.com.br)

Leia Mais

Relacionadas