segunda, 24 de junho de 2019
Cultura
Compartilhar:

Dolores O’ Riordan, vocalista do Cranberries, morreu nessa segunda-feira

Renato Félix / 16 de janeiro de 2018
Foto: DIVULGAÇÃO
Uma das vozes que marcaram os anos 1990 calou-se. A irlandesa Dolores O’Riordan, vocalista dos Cranberries, morreu nessa segunda-feira (15), aos 46 anos, em Londres. A causa da morte aind anão havia sido divulgada até o fechamento desta edição. No vocal da banda, Dolores emplacou uma série de hits como “Dreams”, “Linger”, “Ode to my family”, “Zombie”, “Animal instinct” e “Just my imagination”.

Os irmãos Noel (guitarrista) e Mike Hogan (baixista) e o baterista Fergal Lawler já tinham a banda e divulgaram um anúncio em busca de uma cantora. Dolores respondeu, emplacando de cara também como letrista.

O primeiro disco da banda é de 1993 e foi um grande sucesso internacional, a partir do estouro de “Linger” nos EUA. Dolores compôs todas as faixas, a maioria em parceria com Noel.

A banda deu um tempo em 2003, abrindo caminho para dois álbuns solo de Dolores. Mas os Cranberries voltaram em 2011. Nessa fase, vieram ao Brasil e chegaram a tocar em Recife.

Ano passado, o grupo lançou Something Else, com releituras dos sucessos da banda com quarteto de cordas.

Dolores sofria de transtorno bipolar. Em 2014, foi detida após ter um ataque de raiva e agredir uma aeromoça. Muitos colegas músicos lamentaram a morte repentina e precoce da cantora.

Relacionadas