terça, 21 de novembro de 2017
Cultura
Compartilhar:

Dois eventos históricos dos quadrinhos dos anos 1980 voltam em edições definitivas

Renato Félix / 26 de março de 2016
Foto: Paulo Mancini/DIVULGAÇÃO
Hoje em dia, quando um personagem morre nos quadrinhos de super-heróis, é até motivo de piada: todos sabem que logo, logo ele estará de volta. Não era assim nos anos 1980, época em que Marv Wolfman e George Perez literalmente destruíram mundos inteiros para valer na minissérie Crise nas Infinitas Terras (1985), na DC Comics. Isso, poucos anos depois de Chris Claremont e John Byrne matarem uma querida super-heroína, Jean Grey, na edição 137 de Uncanny X-Men (1980), no ápice do que agora é conhecido como Saga da Fênix Negra. As duas estão saindo em edições caprichadas, em capa dura, pela Panini.

Enquanto Crise viria a ser uma minissérie com título próprio, embora com ramificações espalhadas por todos os títulos da DC, a Saga da Fênix Negra não foi assim. A história se desenrola por várias edições normais do gibi dos X-Men, que vivem suas aventuras enquanto os poderes de Jean Grey, como Fênix, vão crescendo. Até que finalmente a coisa explode e se torna o tema principal de algumas edições até culminar no número 137.

Trata-se de um clássico absoluto da Marvel, referenciado tanto na série animada do grupo quanto nos filmes X-Men 2 (2003) e X-Men – O Confronto Final (2006), onde Jean Grey é vivida por Famke Janssen. A edição da Panini começa quatro números antes que a edição recentemente lançada na coleção de graphics Marvel da editora Salvat. E inclui um final alternativo para a saga, vetado pelos editores na época.

Se a ideia ali era fazer um herói ser corrompido e se tornar vilão, Crise nas Infinitas Terras tinha uma missão sobretudo editorial: arrumar a casa na DC Comics, cujas HQs estavam soterradas por inúmeros universos, com suas versões da Terra. Havia, por exemplo, diversas versões do Super-Homem, incluindo a original, do que se chamava de Terra Paralela (depois, Terra-2). Era uma confusão.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas