segunda, 25 de janeiro de 2021

Cinema
Compartilhar:

Sem freio: ‘Velozes e Furiosos 8’ tem pré-estreia em toda a Paraíba nesta quinta

André Luiz Maia / 12 de abril de 2017
Foto: Divulgação
Em sua oitava parte, o universo de Velozes e Furiosos surpreende por ter se consolidado entre o público e até mesmo ganhou reconhecimento (em partes) da crítica, que viu esforços da produção em se lapidar para entregar um filme de ação que beira o absurdo, mas que cativa os espectadores não apenas pelas cenas eletrizantes de ação, mas também pelo carisma do elenco.

O filme que tem pré-estreia hoje e estreia amanhã nos cinemas de todo o Brasil apresenta novidades substanciais no elenco, ao trazer nomes respeitados como Charlize Theron e Helen Mirren. De volta, estão os atores Jason Statham e Dwayne Johnson, Kurt Russell e Lucas Black, além dos veteranos da franquia Michelle Rodriguez, Jordana Brewster, Tyrese Gibson, Chris “Ludacris” Bridges e Elsa Pataky.

A direção está a cargo de F. Gary Gray, o mesmo de Straight Outta Compton. Depois que Brian (Paul Walker, que morreu em 2013 sendo o sétimo seu derradeiro filme na franquia) e Mia (Jordana Brewster) se aposentaram e o resto da equipe foi exonerado, Dom (Vin Diesel) e Letty (Michelle Rodriguez) estão em lua de mel e levam uma vida pacata. Mas isso não dura muito.

Chantageado por Cipher (Charlize Theron) com detalhes inconvenientes de seu passado, Dom acaba tendo que trabalhar com a nova vilã da franquia, uma megahacker que, com uma linha de comando, consegue controlar carros, submarinos e tem como objetivo dominar as reservas nucleares do mundo e obter controle total.

E, claro, muita destruição em massa, perseguições, rachas, até mesmo em áreas gélidas. A nova vilã faz o vilão do filme anterior, interpretado por Jason Statham, parecer uma criança, já que ela não apenas faz com que Dom vá para seu lado, como também desestabiliza a união do grupo e sua percepção enquanto "família".

A cotação no Rotten Tomatoes atualmente está em 79%, embora a partir de poucas críticas (25, no total), já que o filme não estreou ainda nem nos Estados Unidos.

Pela primeira vez na série a história se passa na maior parte em Nova York. E Paul Walker está no filme em espírito: era vontade que a franquia voltasse a usar mais corridas de rua, em vez de cenas de ação com efeitos especiais. Em honra a ele, a série seguiu sua sugestão.

Também foi notícia problemas entre dois dos astros, Vin Diesel e Dawayne Johnson. Diesel assina também como produtor desde o quarto filme (o que reuniu o elenco original, depois do terceiro usar atores totalmente diferentes). Johnson reclamou publicamente do mau comportamente de Diesel no set. Os dois até tiveram um encontro secreto para tentar resolver o problema.

Em todo caso, a Universal Pictures já anunciou datas para um novo filme em 2019 e anunciou a filmagem da décima parte.

Leia Mais

Relacionadas