terça, 24 de novembro de 2020

Cinema
Compartilhar:

‘Para Minha Amada Morta’, com Mayana Neiva, encerra a noite do Fest Aruanda

Renato Félix / 15 de dezembro de 2015
Foto: Reprodução
Com Mayana Neiva no elenco, Para a Minha Amada Morta é o último longa-metragem da mostra competitiva do Fest Aruanda deste ano (o doc Chico, um Artista Brasileiro será exibido amanhã, último dia do festival, mas fora de competição). A sessão é às 19h, fechando a programação de hoje.

O filme é dirigido por Aly Muritiba, que tambpme terá um curta seu exibido antes do longa: Tarântula. A atriz paraibana, que atualmente mora em Nova York, não veio ao festival. “Queria muito estar ai”, disse.

O filme conquistou sete prêmios do Festival de Brasília: direção, ator coadjuvante (Lourinelson Vladmir), atriz coadjuvante (Giuly Biancato), fotografia (Pablo Baião), direção de arte (Monica Palazzo), montagem (João Menna Barreto) e o prêmio Abraccine, da crítica.

Programação de hoje

▶ 15h – A Hora e a Vez de Augusto Matraga (1966), de Roberto Santos.

▶ 18h – Mostra Competitiva de Curta-Metragem: Olhos de Botão, de Marlom Meirelles; Cartas do Desterro, de Coraci Ruiz e Julio Matos; Flerte, de Samuel Mariani

▶ 19h – Exibição especial do curta-metragem Tarântula, de Aly Muritiba.

▶ 19h30 – Para Minha Amada Morta, de Aly Muritiba.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas