quarta, 25 de novembro de 2020

Cinema
Compartilhar:

‘O Regresso’ estreia hoje nas telonas de João Pessoa e Campina Grande

Renato Félix / 04 de fevereiro de 2016
Foto: Divulgação
Hugh Glass foi um explorador que, em 1823, foi atacado brutalmente por um urso e deixado para morrer por seus companheiros. Mas Glass sobreviveu. E enfrentando um inverno assassino, partiu em busca de vingança. É uma história real, que já havia virado filme em 1971 (Fúria Selvagem) e agora volta como O Regresso, que concorre a 12 Oscars.

As categorias são: filme, direção, ator (Leonardo DiCaprio), ator coadjuvante (Tom Hardy), otografia, montagem, desenho de produção, figurino, maquiagem e penteado, efeitos visuais, mixagem de som e edição de som.

Vencedor do Globo de Ouro de filme/ drama, é um dos cotados a melhor filme, mas A Grande Aposta e Spotlight (ambos também em cartaz) ganharam força nas premiações dos sindicatos. Além disso, há um tabu: nenhum diretor teve dois filmes seus vencendo em dois anos seguidos, e Alejandro González Iñarritu ganhou ano passado por Birdman.

Ao contrário, DiCaprio é favorito, em sua quinta indicação como ator. Ele comeu figado de bisonte cru (é vegetariano), aprendeu a construir uma fogueira, a falar duas línguas indígenas e técnicas ancestrais de cura. O filme foi rodado no frio extremo, usando apenas luz natural. O diretor mexicano assumiu a inspiração em Andrei Tarkovsky (Andrei Rublev, 1966), Kurosawa (Dersu Uzala, 1975) e Coppola (Apocalypse Now, 1979) e seus filmes de homens lutando contra a natureza.

Leia mais no Jornal Correio da Paraíba.

Relacionadas