quinta, 21 de janeiro de 2021

Cinema
Compartilhar:

Festival Varilux começa semana que vem em 50 cidades, inclusive João Pessoa

Renato Félix / 31 de maio de 2016
Foto: Divulgação
João Pessoa mais uma vez vai fazer parte do circuito de 50 cidades do Festival Varilux do Cinema Francês. Serão duas semanas – de 9 a 22 de junho, mais uma vez no Cinespaço MAG – com 15 filmes novos e mais um clássico: Um Homem, uma Mulher (1966), que está completando 50 anos de lançamento. Todos os filmes já foram divulgados, embora ainda não com duas e horários de exibição para cada um. O CORREIO conta mais sobre eles.

Omar Sy que estrlou dois filmes populares no festival – Intocáveis, em 2014, e Samba, ano passado – está de volta com Chocolate. Além dele, outros astros do cinema francês poderão ser vistos, como Jean Dujardin (de O Artista; em Um Amor à Altura), ou ouvidos, caso de Marion Cotillard (que dubla a animação Abril e o Mundo Extraordinário).

Alguns dos filmes, mesmo inéditos no Brasil, já têm carreira lá fora há alçgum tempo – o suficiente para ganhar alguns prêmios, seja no Festival de Cannes, ou no César, o Oscar francês.

Um dos grandes clássicos românticos do cinema francês, Um Homem, uma Mulher está completando 50 anos e é o clássico deste ano do Varilux. Anouk Aimée e Jean-Louis Trintignant se conhecem em uma tarde de domingo, cada um visitando seus filhos em um colégio interno, e se tornam amigos.

Ambos são viúvos, mas, nela, a lembrança do marido morto ainda é forte. Eles se tornam bons amigos, mas o romance é dificultado.

O filme de Lelouch fez um grande sucesso popular nos anos 1960, inclusive no Brasil. O filme tem uma relação próxima com o nosso país: o “Samba da bênção”, de Vinícius de Moraes e Baden Powell, é cantado em um momento do filme por Pierre Barouh. O tema principal, “Un homme et une femme”, também é bem conhecido por aqui.

O filme chegou a ter uma continuação: Um Homem, uma Mulher – 20 Anos Depois (1986), menos celebrada.

Leia Mais

Relacionadas