quarta, 25 de novembro de 2020

Cinema
Compartilhar:

Festival de cinema homenageia o diretor João Carlos Beltrão

André Luiz Maia / 16 de agosto de 2016
Foto: Divulgação
Sousa sedia a partir de hoje a terceira edição do Festival Audiovisual do Vale dos Dinossauros (Festissauro). Anteriormente realizado no Auditório da UFCG da cidade, neste ano as atividades acontecem acontece no Cineteatro do Ação Colégio e Curso.

No primeiro dia, o destaque é uma exibição que apresenta alguns trabalhos do homenageado desta edição, o diretor de fotografia João Carlos Beltrão, na Mostra João Carlos Beltrão – Trajetória de Câmera, Luz e Sombra no Audiovisual Paraibano.

Na programação constam os curtas documentais Amanda e Monick, de André da Costa Pinto, O Velho do Rio, de Leonardo Alves, e Urano Picuí, da dupla Tiago Melo e Antônio Carrilho. Completam a programação da noite as ficções Alma, de André Morais, O Terceiro Velho, de Marcus Vilar, Ato Institucional, de Helton Paulino, e Redemunho, trabalho de Marcélia Cartaxo como diretora que ganhou destaque no último Cine PE. Ao todo, João Carlos já participou de mais de 50 produções, entre curtas, médios e longa-metragens.

Um de seus trabalhos ganhou repercussão nacional. É o filme Tudo Que Deus Criou, de André da Costa Pinto, um dos poucos longa-metragens paraibanos a conseguir entrar no circuito comercial. João Carlos afirma que ficou feliz com a homenagem e com a lembrança do festival por seu trabalho. “Tenho o orgulho de dizer que pude trabalhar com realizadores de cinema de uma ponta à outra da Paraíba. Minha conexão com o Sertão da Paraíba é principalmente através do cinema”, conta.

Em sua opinião, o Festissauro, assim como outras iniciativas similares, são importantes para que mais pessoas tenham acesso ao trabalho audiovisual de paraibanos. “Acho que pode suprir parte da lacuna deixada após o encolhimento do Comunicurtas enquanto janela de difusão do audiovisual paraibano”, opina o diretor de fotografia.

Além de ser sócio da produtora Pigmento Cinematográfico, João Carlos Beltrão tem no currículo trabalhos como direção ou assistência em direção de fotografia em filmes como Cinema, Aspirinas e Urubus, de Marcelo Gomes, O Engenho de Zé Lins, de Vladimir Carvalho, e O Plano do Cachorro, de Arthur Lins.

Festissauro

A partir de hoje, às 19h. No Cineteatro do Ação Colégio e Curso (R. Bento Freire, Gato Preto, Sousa – 3522.1445).

Até o dia 20/08. Entrada gratuita

Relacionadas