quarta, 18 de outubro de 2017
Cinema
Compartilhar:

Crianças autistas terão exibição em cinema especialmente adequada para elas

Renata Escarião / 20 de março de 2016
Foto: Divulgação
rir mais cedo hoje as portas do cinema, em João Pessoa, para receber um público especial: os autistas. Organizada pela Associação de Pais, Amigos e Simpatizantes do Autista da Paraíba (Asas-PB), em parceria com o Cinepólis do Mangabeira Shopping, a sessão vai exibir o filme Epa! Cadê o Noé?, às 10h, com os cuidados necessários para agradar a plateia. Como esta, outras iniciativas surgem no país para atender a um público que não pode ir regularmente ao cinema nas sessões tradicionais (como as mães e pais de bebês, no Cine Materna).

A ideia da sessão para utistas surgiu depois que a Asas viu pelas redes sociais experiências semelhantes em várias partes do país. “É muito comum que mães precisem retirar seus filhos autistas de sessões de cinema por conta das reclamações do público, já que os autistas se estressam facilmente e gritam e choram quando isso acontece”, explica Sara Farias, diretora financeira da Associação. “Ao ver experiências de sessões exclusivas em outros estados, resolvemos procurar o Mangabeira Shopping para ver a possibilidade de realizar algo semelhante” .

O acordado com o cinema foi que eles precisariam de um grupo de 100 pessoas para que a sessão fosse realizada, com ingressos a R$ 11, pipoca e refrigerante incluídos. Anunciada a sessão na página da Asas no Facebook, as vagas esgotaram em duas horas. “Ficamos surpresos porque não imaginamos que a procura fosse tanta. Tive que devolver o dinheiro de alguns depósitos porque excedemos as 100 vagas”, conta Sara.

Para atender às demandas dos autistas, a sessão conta com som mais baixo, meia luz e ausência de trailers e propagandas. De acordo com Sara, autistas são sensíveis a som e luz, além de impacientes, e as adaptações permitem com que eles se divirtam sem se estressar e aproveitem a experiência dentro das suas limitações.

“Como o local vai ser exclusivo para eles, serão respeitadas as necessidades de levantar e sair, bem como tolerados barulhos ou outras ocorrências”, comenta a diretora da Asas.

Como o shopping só abre ao meio-dia, o acesso dos participantes da sessão seria por uma entrada alternativa. No entanto, Sara conta que recebeu na sexta-feira uma ligação da organização do local informando que as portas principais do Mangabeira serão abertas mais cedo para recebê-los, assim como a praça da alimentação.

“Há muitos anos uma sessão para autistas havia sido organizada por uma clínica de João Pessoa, mas não teve muito sucesso porque a divulgação era difícil. Mas, hoje, as redes sociais nos ajudam bastante e pretendemos manter a iniciativa com uma certa freqüência”, afirmou Sara Farias. Dia 2 de abril é comemorado o Dia Mundial do Autismo e uma nova sessão deve ser realizada.

Relacionadas