terça, 24 de abril de 2018
Cinema
Compartilhar:

‘A Bela e a Fera’ faz competente transposição da animação de 1991

Renato Félix / 15 de agosto de 2017
Foto: Divulgação
A Disney descobriu um filão: pegar seus grandes sucessos da animação e transformá-los em filmes com atores. Já havia feito sucesso com 101 Dálmatas, em 1996, mas a coisa entrou em escala industrial a partir de Malévola (2014) e A Bela e a Fera (2017), lançado há pouco em DVD, blu-ray, blu-ray e plataformas digitais, é mais um na fila.

Desta vez, não há um “ponto de vista diferente”, com na versão de A Bela Adormecida focada na vilã. É uma adaptação bastante próxima da animação de 1991, primeiro longa animado indicado ao Oscar de melhor filme. Inclusive as mesmas canções, em números musicais que, como todo o resto, procuram evocar a nostalgia de quem viu a primeira versão (no cinema ou em casa).

Um elenco bem escolhido – Emma Watson à frente e grandes atores ingleses nas vozes dos criados encantados como objetos (aliás, por que ingleses, se tudo se passa na França?) – é a base para um conto de fadas clássico que, como animação, impressionava por tintas mais sombrias alternando com o espírito de Boradway. Aqui, a nova versão incluiu uma nova cena que aprofunda a personagem da Bela e a relação com a Fera.

“A Bela e a Fera”

Beauty and the Beast. Estados Unidos, 2017

Direção: Bill Condon. Elenco: Emma Watson, Dan Stevens, Ewan McGregor, Ian McKellen, Emma Thompson, Kevin Kline

Distribuidora: Disney

Preço: R$ 39,90 (DVD), R$ 49,90 (blu-ray), R$ 79,90 (blu-ray 3D)

Relacionadas