terça, 24 de novembro de 2020

Cultura
Compartilhar:

Café em Verso e Prosa se inspira no Halloween para uma noite de sarau que celebra a magia da mulher

André Luiz Maia / 31 de outubro de 2017
Foto: Divulgação
Hoje é Dia das Bruxas e até mesmo o sarau poético entra no clima e se veste com fantasias aterrorizantes para semear versos. A brincadeira é organizada por Suzy Lopes, idealizadora do tradicional Café em Verso e Prosa, realizado mensalmente no Café Empório, em Tambaú.

Desta vez, ela convida a cantora Débora Vieira para apresentar seu show, intitulado Gata Vadia. No palco, ela estará acompanhada pelos músicos Hiwry Taniguchi e Bruno Carneiro. "É uma cantora que eu admiro há muito tempo. Acho ela uma verdadeira bruxa", afirma Suzy Lopes, acrescentando ainda que a dinâmica do sarau será diferente desta vez.

O show de Débora será costurado por performances teatrais, mais especificamente as de Nyka Barros, que apresenta Sacro Culto. "Até eu serei surpreendida, ela não me falou mais nada além do nome. Um fato muito importante é que ela está grávida e será muito especial tê-la recitando em sua gestação no nosso sarau. A dinâmica será um pouco diferente, pois abriremos já com o show de Débora e as intervenções vão acontecendo estabelecendo um diálogo com o show dela, que é absolutamente feminino", destaca Suzy Lopes.

A ideia de brincar com o conceito da bruxa é uma forma de trazer uma questão envolvendo o feminino. Durante a Santa Inquisição, várias mulheres foram mortas e perseguidas sob a acusação de feitiçaria. No entanto, Suzy aponta que isso era fruto de uma visão machista da sociedade em relação às mulheres livres, tornando assim a bruxa um símbolo de força feminina. "Coisa de bruxa, fora a mistificação, é coisa da natureza feminina. Acredito que nem todas as bruxas foram queimadas, existem descendentes", complementa.

Outras intervenções ao show de Débora são feitas pela própria Suzy, que interpreta poemas do livro Mulherio das Letras, uma coletânea organizada por Vanessa Ratton, fruto do encontro nacional homônimo realizado durante o mês de outubro em João Pessoa.

O Empório também receberá intervenções do projeto Cidade Poema, que consiste em adesivos com poesias, espalhados pela organização do Mulherio das Letras por toda a cidade. A noite ainda terá a participação do cantor Ícaro Cesar e do DJ Rick Mala.

O público também é incentivado a ir a caráter, fantasiado de acordo com a temática do Halloween. "Quem alugar uma fantasia na loja Neverland, que fica em frente ao Teatro Ednaldo do Egypto, e falar que irá ao sarau do Café em Verso e Prosa ganha um desconto", anuncia.

Há doze anos, o sarau de Suzy Lopes deve ser o mais antigo na cidade em atividade. Qual é o segredo para mantê-lo? Às vezes a própria Suzy não sabe como responder. "Vem um filme na cabeça, das vezes que já pensei em parar com o projeto, pois acho que essas coisas precisam ser encerradas em alta, com todo mundo adorando. Mas toda vez que penso nisso, alguém chega e muda meu pensamento (risos)", completa.

CAFÉ EM VERSO E PROSA

Hoje, às 20h.

No Empório Café (R. Coração de Jesus, 145, Tambaú, João Pessoa – 3247.0110 – http://emporiocafejp.com.br).

Entrada franca.

Relacionadas