sexta, 18 de setembro de 2020

Cultura
Compartilhar:

Autores de ‘Penadinho-Vida’ conversam com o público e autografam obras em JP

Renato Félix / 18 de setembro de 2015
Foto: Divulgação
Paulo Crumbim e Cristina Eiko já familiares a quem conhece o universo das histórias em quadrinhos no Brasil. Não apenas como autores, mas também como personagens: eles contam histórias de sua vida, temperadas por elementos de fantasia, na série Quadrinhos A2, que já rendeu três álbuns e ganha o quarto no fim do ano. Seus nomes se tornaram mais populares também para leitores mais eventuais graças a Penadinho – Vida, álbum da série Graphic MSP, em que autores dá sua visão sobre personagens criados por Mauricio de Sousa.

O casal vai conversar com o público de João Pessoa hoje, às 18h30, no auditório 1 do Espaço Cultural. E autografa amanhã, na Comic House, Penadinho e seus outros trabalhos, incluindo os três volumes de Quadrinhos A2, vencedor do Troféu HQ Mix em 2013, como publicação independente de autor.

Quem também participa tanto do bate-papo quanto da sessão de autógrafos é a Juliana Fiorese. Inglesa de nascimento, mas vivendo em João Pessoa, Juliana é ilustradora e lançou este ano Valquírias, álbum independente.

Crumbim e Eiko foram convidados por Sidney Gusman, editor das Graphic MSP, assim que desceram do palco do HQ Mix com seu troféu nas mãos – Eiko ainda com lágrimas de alegria no rosto. Seu único direcionamento: a trama deveria girar em torno da reencarnação de Alminha, a eterna namorada do Penadinho.

Ou quase namorada, já quem, na trama criada pela dupla, ele é tímido demais para declarar seu amor, mesmo sendo tão evidente que é correspondido. Agora, com o anúncio da reencarnação da fantasminha ao amanhecer, pode ser tarde demais, até para quem parecia ter a eternidade pela frente. “Uma das coisas mais legais do Penadinho é que o Mauricio lida com a morte, mas não deixa a coisa pesada”, conta Paulo Crumbim.

A trama se complica quando Alminha é sequestrada. Penadinho e seus amigos então empreendem uma jornada madrugada adentro para encontrá-la e salvá-la, e o fantasma acertar as contas com ela antes do amanhecer.

Leia mais no jornal Correio da Paraíba

Relacionadas