sexta, 24 de janeiro de 2020

Sony Lacerda
Compartilhar:

Turbilhão de interesses

07 de dezembro de 2019
Este final de semana, o primeiro após o rompimento do governador João Azevêdo com o seu padrinho Ricardo Coutinho,  promete muitas reuniões. Com o afastamento dos dois abre-se um campo  de negociações para a continuidade de apoios políticos na Assembleia Legislativa e representação no Congresso Nacional.

O senador Veneziano Vital, durante evento do Podemos e PTB em João Pessoa, afirmou que marcou a conversa sobre o futuro da relação com o governador até amanhã. Eleito pelo PSB e apoiado pelo então governador, após ter deixado o MDB, o ex-cabeludo vai por na mesa os prós e contras em seguir com o atual ocupante da principal cadeira no Palácio da Redenção.

Até ontem, vários secretários estaduais herdados da gestão de Ricardo confirmaram acompanhar o novo dono da caneta mais carregada no Estado. De aliados e fiéis escudeiros do ex, agora se seguram no cargo para tocar o projeto em andamento. A dúvida que fica, para alguns, é se por compromisso com a causa maior ou com as suas razões pessoais. Ainda há muito que peneirar nessa farofa de interesses, soprada pelos ventos resultantes do abalo provocado pelo rompimento da aliança vencedor em 2018.

Na Assembleia Legislativa, que deve votar o Orçamento do ano que vem até o dia 20, a conversa gira em torno das emendas parlamentares e o apoio dos eleitos na grande aliança que colocou 22 dos 36 deputados titulares no mandato em fevereiro último.

No caso da bancada estadual, o final de semana será curto e as conversas se estenderão pelos dias que restam de trabalho. No debate, cada grupo que se ponha em posição de sustentação ou de oposição ao atual governador.

Aos fiéis ao ex e atual presidente do PSB, muitas cobranças virão nessas horas derradeiras de um 2019 que reviveu termos como ‘traíras’, ‘ingratos’ e ‘golpistas’. Ficarei nestes, para não baixar demais o nível da discussão.

Serão dias para testar o estômago e a musculatura.

Confirmado 1

A coluna antecipou e o PTB e o Podemos confirmaram, ontem em coletiva, a pré-candidatura de Ana Cláudia Vital do Rêgo a prefeita de Campina Grande, nas eleições de 2020. Atual secretária de Desenvolvimento e Articulação do Estado, Ana Cláudia tem experiência em gestão. Também está na 1ª suplência de deputado federal. “A boa política ela precisa ser discutida, fomentada e é isso que estamos fazendo a partir dessa aliança”.

Aliança

Presidente estadual do Podemos, o vereador campinense Galego do Leite deixou claro que não existe fusão de legendas, mas aliança. “É uma composição que já estamos discutindo e isso inclui uma pré-candidatura, óbvio”. É importante ressaltar que PT e Podemos saem na frente quando o assunto e fechar uma aliança já extensiva a 2022.

Confirmado 2

A coluna também antecipou que o nome do deputado estadual Wilson Filho seria lançado ontem como pré-candidato a prefeito de João Pessoa. O parlamentar já concorreu a prefeito, como candidato a vice na chapa encabeçada à época por Cida Ramos, hoje deputada estadual. O PTB apoiava o PSB de Ricardo Coutinho. Hoje, segue João Azevêdo.

Em parceria

Procurador de Justiça em São Paulo, o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, tem atuado cada vez mais em sintonia com o deputado paraibano Ruy Carneiro. Juntos, trabalharam para recuperar as medidas de combate à criminalidade que foram retiradas do pacote anticrime aprovado na Casa. Apresentaram seis emendas com o objetivo de tornar a legislação mais dura contra a formação de quadrilha e os condenados por delitos graves.

Cabo animado

O deputado estadual Cabo Gilberto anda animado com a possível pré-candidatura dele a prefeito de João Pessoa, em 2020, já pelo novo partido do presidente Jair Bolsonaro, o Aliança Pelo Brasil, que está em formação. Ele está ancorado pela Lei dos Partidos Políticos e por uma decisão de 2016 do STF, de que parlamentares podem se filiar a um novo partido sem incorrer em perda do mandato.

Cidadão paraibano

O ministro do Superior Tribunal de Justiça, Marcelo Ribeiro Navarro, esteve ontem na Capital para participar do lançamento do livro do empresário Roberto Cavalcanti. Desembarcou com a informação de que será agraciado com o título de cidadão paraibano pelo Assembleia Legislativa. O projeto de Lei, de autoria do presidente da Casa, Adriano Galdino, foi aprovado durante sessão esta semana.

CNJ confirma

O Conselho Nacional de Justiça decidiu pela legalidade do Ato do TJPB, que instituiu critérios e procedimentos para fins de viabilizar a distribuição proporcional e equânime de oficiais de Justiça lotados nas centrais do Poder Judiciário estadual. A decisão ocorreu no julgamento do Pedido de Providências que teve como requerente o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba O relator foi o conselheiro Valtércio de Oliveira.

Relacionadas