quarta, 17 de julho de 2019

Lena Guimarães
Compartilhar:

The Intercept x Pavão Misterioso

09 de julho de 2019
O site The Intercept, do americano Glenn Greenwald, marido do deputado David Miranda (Psol), denuncia parcialidade do ex-juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Lava Jato, e entende que suas decisões devem ser anuladas, e entre elas está a que condenou o ex-presidente Lula por corrupção e lavagem de dinheiro.

Faz essas acusações a partir da divulgação de diálogos que teriam sido acessados por hackers no Telegram dos integrantes da força-tarefa da Lava Jato. Greenwald conseguiu repercussão para suas matérias e Sérgio Moro, para conter a sangria, teve que ir ao Senado e à Câmara.

Outro grupo de hackers decidiu aplicar a Lei de Talião, ou seja, “olho por olho, dente por dente”, e passou a divulgar conversas entre o ex-deputado Jean Wyllys, o herdeiro do seu mandato David Miranda e o editor do Intercept, Leandro Demori, captadas em seus telefones.

Guerra declarada: The Intercept versus o... Pavão Misterioso, nome do perfil criado no Twitter para divulgar suas descobertas, mesmo da canção famosa na voz de Ney Matogrosso: “Pavão misterioso/ Pássaro formoso/ Tudo é mistério/ Nesse teu voar/ Ai se eu corresse assim/ Tantos céus assim/ Muita história/ Eu tinha prá contar...”.

No sábado, a escritora Glória Perez contribuiu para a divulgação do perfil: “Uau! O sábado começou animado, com a volta do Pavão!”

O ator José de Abreu, lulista de carteirinha, disparou em resposta: “O Brasil está tão doido que vemos Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!”

Guilherme de Paula assassinou Daniella Perez, filha da escritora. A resposta dela a José de Abreu foi dura: “Você é muito canalha! Não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada!”.

No domingo, enquanto o Brasil jogava, o Pavão Misterioso incendiava no Twitter. Os prints das conversas levam a conclusão de que houve venda do mandato Jean Wyllys em favor de David Miranda; que o valor acertado ainda não foi pago por “GG” (seria Glenn Greenwald) que não queria chamar a atenção do Coaf, e que estão esperando a demissão de Sérgio Moro e libertação de Lula para agosto, para quitarem a dívida. Os citados garantem que é fake news.

Enquanto a PF não descobrir os hackers, vamos aprender sobre os limites dessa guerra pelo poder.

Torpedo

"Encerramos mais uma edição do Maior São João do Mundo, registrando recordes de público e de crescimento econômico. Em 2019, tivemos aumento de 30% nas vendas em relação a 2018. Tivemos excelente taxa de ocupação nos hotéis e o comércio teve aquecimento representativo nas vendas". Do vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (Progressista), apresentando balanço e agradecendo aos campinenses pelo sucesso das festas juninas.

VLT

João Azevedo acertou com o ministro Tarcísio Freitas, (Infraestrutura), a assinatura, dia 17, de termo que permitirá que inicie implantação do VLT em Campina, uma promessa de campanha. Duro golpe na oposição.

Direitos...

O deputado Walber Virgolino descredenciou críticas do Conselho Estadual de Direitos Humanos à carreata com viaturas que transportou cadáveres de supostos assaltantes de banco mortos na Paraíba.

... de quem?

Virgolino diz que acusar PMs de excessos é fácil, difícil é colocar sua vida em perigo em defesa da sociedade. Já o deputado Julian Lemos lamentou que a nota do Conselho sequer cite o policial que foi morto.

Criminosos

“Direitos humanos não existe para os homens de bem desse país, essa entidade ideológica serve apenas para defender os interesses dos criminosos nada mais que isso”, disse Julian ao apoiar os PMs.

Condenado

Por decisão da Quarta Câmara Cível do TJPB, o Estado vai pagar indenização por dano moral de R$ 180 mil a família por conta de acidente que tirou a vida do genitor, atropelado por veículo da Limp Fort.

Mutirões

O TJPB vai realizar mais dois mutirões carcerários no interior do Estado. O primeiro será no Presídio Regional da Comarca de Guarabira e terá início no mês de agosto. O outro acontecerá no Presídio de Solânea.

Zigue-zague

O PSB fechou questão contra a reforma da Previdência. Se algum dos 32 deputados contrariar decisão, poderá ser expulso. João Azevedo ficou sem votos para negociar.

Se as emendas parlamentares prometidas forem formalizadas, o fundo eleitoral para a campanha de 2020 pode chegar a R$ 3,5 bilhões, contra R$ 1,7 bilhão em 2018.

 

Relacionadas