terça, 12 de dezembro de 2017

Sony Lacerda
Compartilhar:

Tem que pagar

17 de outubro de 2017
A situação do prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima (sem partido) não é nada boa. Além de estar vendo o sol nascer quadrado, no Batalhão da Polícia Militar, no Valentina de Figueiredo, deve ser cassado pela Câmara Municipal.

A população exige dos vereadores uma posição que resulte na punição ao gestor, que se elegeu prometendo tirar a cidade do atoleiro em que se encontrava e caiu na primeira tentação: recebeu dinheiro de um empresário para liberar um pagamento que o mesmo empresário tinha direito, por ter prestado serviços à Prefeitura.

A reportagem do Correio apurou que o clima entre os vereadores é pela cassação do prefeito Berg Lima, que, com as bandeira da moralidade e da honestidade derrotou o então prefeito e candidato à reeleição, Expedito Pereira (PSB) nas eleições do ano passado. Expedito, em toda a campanha, alertou o eleitorado com a seguinte frase: “não troque o certo pelo duvidoso”.

Com parecer favorável do Ministério Público Federal, em Brasília, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) pode levar a plenário, esta semana, o pedido de relaxamento da prisão do prefeito Berg Lima e seu retornou ao mandato de prefeito. Diante da onda de moralidade que se abateu no País, a expectativa é pela manutenção do prefeito corrupto na prisão.

Muita gente em Bayeux se pergunta como um prefeito, que tem poder e ganha bem, se suja por tão pouco: valor que não chegou a R$ 12 mil, em parcelas. Aliás, ele não deveria ter recebido nada. Pela propina, tem que pagar.

Correio é Correio

O radialista Emerson Machado comemorou aos gritos, na tarde de ontem, o fato de ter contribuído para duplicar a audiência do programa Balanço Geral, da rádio 98,3 FM, apresentado por ele, Ecliton Monteiro e Ludmila Costa. Foi uma lapada na concorrência. Correio é Correio e ai, como se diz em Patos.

A importância...

O governador Ricardo Coutinho trata o deputado Hervázio Bezerra como “companheiro importante”. Hervázio é líder do Governo e eu arrisco dizer que não existiria outro mais fiel.

...do companheiro

O ex-tucano e agora socialista tem permanecido na suplência, estando no cargo a depender de acordos. Acho que merece um apoio maior...

Cagepa 1

A Câmara de Bayeux aprovou requerimento do vereador Uedson Orelha ao prefeito Luiz Antônio, no sentido de que seja solicitada ao Governo a cessão de uso do prédio onde funcionou a Cagepa.

Cagepa 2

O prédio fica rua José Ricardo de Melo, no Bairro Brasília, e se encontra desativado. Orelha quer que o local seja transformado em uma unidade do PSF.

Vituriano na disputa federal

Médico, o ex-deputado Vituriano de Abreu publicou nota no Facebook dizendo que vai disputar uma cadeira na Câmara Federal em 2018. “Estou determinado a disputar uma cadeira de deputado federal em 2018. Toda minha confiança repousa na vontade de Deus, primeiramente, e na confiança que o povo tiver em mim”.

Cadeira na ALPB

Por outro lado, em Cajazeiras, a esposa do prefeito José Aldemir, Paula Francinete, que também é médica, vai disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Na saúde

Dra. Paula, como é conhecida, tem realizado um bom trabalho como secretária de saúde do município. Ela quer recuperar na Assembleia a vaga que foi do marido.

Sessões no TJ

Hoje tem sessões das Câmaras do TJPB. Às 8h30, começam as reuniões da Segunda e Terceira Câmaras. Às 9h, começam as reuniões da Quarta Cível e da Criminal.

Pindoba

A Câmara entregou, ontem, a Medalha Cidade de João Pessoa ao carnavalesco Heraldo Santiago, o Pindoba. Propositura do vereador Chico do Sindicato.

Colaboração de Adelson Barbosa dos Santos

Relacionadas