segunda, 10 de dezembro de 2018

Sony Lacerda
Compartilhar:

Ser República

15 de novembro de 2018
O termo República vem do latim ‘res publica’, ou seja, coisa pública, coisa do povo. É utilizada como administração dos bens e dos interesses públicos. No Brasil voltamos a ser República recentemente, após o fim da ditadura, e, por isso, ainda somos muito imaturos quando o assunto é o zelo pela coisa e pelos interesses públicos.

Já parou para se perguntar se você tem feito bom uso dessa liberdade que é viver em uma República? O direito de escolher de forma livre e secreta um político, por exemplo. É assim mesmo que você tem feito? Uma escolha livre? Quando você vota está pensando no que aquele candidato pode fazer pela sua comunidade, ou no que ele pode lhe oferecer de forma individual?

As eleições já passaram, mas nunca é tarde para refletir sobre o que é feito da gente quando nos dirigimos a uma urna eletrônica para eleger nossos representantes. Naquele momento único e solitário, que aqui no Brasil leva apenas alguns segundos para ser finalizado, é importante entender que o Estado não é uma extensão da família e nem muito menos um clube de amigos.

Ser republicano não é seguir um partido e acreditar que ele por si só pode mudar o coletivo ou apenas rezar em sua cartilha. Ser republicano é crer na igualdade para todos, mesmo que esses todos sejam completamente diferentes. Porque é o diferente unido que gera a igualdade.

Diz-se que um governo republicano é aquele que põe ênfase no interesse comum, no interesse da comunidade, em oposição aos interesses particulares e aos negócios privados. Mas isso não pode e nem deve depender apenas do governo. Esse cuidado pelo todo e não pelo individual tem que ser um sentimento de cada cidadão.

(Nice Almeida)

Na Esma

Com 14 votos, o desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque foi reconduzido ao cargo de diretor da Escola Superior da Magistratura para o biênio 2019/2020. A escolha ocorreu ontem pelo Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba. Antes, foram escolhidos os novos membros da Mesa Diretora e o ouvidor-geral e substituto. Esta é a primeira vez, ao longo dos 35 anos de fundação, que um desembargador é reconduzido ao cargo de diretor da Esma.

Fala João

Ops! Foi João Azevêdo mesmo quem falou? Fiquei confusa! Deixa eu explicar. O PSB mandou nota ontem contando os motivos do governador eleito não ir ao encontro de Bolsonaro. Mas a nota dizia a mesmissíma coisa que Ricardo falou anteontem em entrevista à imprensa! Quem assinou foi João, mas quem falou foi Coutinho.

Santo de barro

Ricardo tentou mostrar desinteresse pelas próximas eleições com um dizer popular muito conhecido: “devegar com o andor que o santo é de barro”. O governador, contudo, em nenhum momento negou que pretende voltar a disputar a prefeitura de João Pessoa. Ele pode até andar devagar, mas o caminho é a prefeitura sim!

Para apenados

Um boa parceria entre o 1º Juizado Especial Regional Misto de Mangabeira, com a Fundação Cidade Vida, desencadeou mais um projeto de ressocialização na Penitenciária de Segurança Máxima Geraldo Beltrão, na Capital. Ontem foram inauguradas as instalações de uma fábrica de gesso, que funcionará com mão de obra exclusiva de apenados. De acordo com o juiz Meales Medeiros de Melo, o Projeto é financiado com recursos provenientes de prestação pecuniária.

Defesa

Procuradores dos Direitos do Cidadão nas cinco regiões do Brasil instauraram procedimentos administrativos para acompanhar práticas que possam representar assédio moral ou outras formas de ação arbitrária contra professores. Somente na última semana, procedimentos para coibir esse tipo de atuação foram abertos pelo Ministério Público Federal em quase todas as capitais, além de outros municípios do país.

Transposição

A transposição do rio São Francisco está entre os projetos prioritários das reuniões da área de infraestrutura da equipe de transição, reunida no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB). O general da reserva Oswaldo Ferreira, que coordena o grupo, recebeu ontem o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua de Deus Andrade, para conversar sobre o tema e avaliar a questão, que é interesse de todos.

Colaboração de Nice Almeida

Relacionadas