domingo, 16 de junho de 2019

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Sem choro

23 de fevereiro de 2019
O Botafogo perdeu a invencibilidade e os cem por cento de aproveitamento no Campeonato Paraibano porque o técnico Evaristo Piza decidiu escalar um time alternativo e a Perilima aproveitou a chance real de gol para fazer 1x0 e derrubar mais um grande na competição. A primeira vítima foi o Treze, que pensou em jogo fácil e acabou entrando em decadência após a derrota no estádio Amigão.

A vitória da Perilima mostra que no futebol tudo é possível. A exemplo do Treze, o Botafogo também entrou em campo apostando na possibilidade de conquistar três pontos, mas talvez tenha se esquecido de que do lado de lá tinha um time motivado e com suas qualidades. Não deu outra. A Perilima partiu com mais força ofensiva no segundo tempo e foi capaz de construir mais um resultado importante no Campeonato Paraibano.

O Botafogo perdeu, mas manteve a liderança do Grupo B com 15 pontos. Só que viu o Sousa se aproximar na segunda colocação com 12 pontos. Portanto, cabe ao técnico Evaristo Piza escalar o que tem de melhor no confronto de hoje contra o Epsorte de Patos, para se reabilitar e manter viva e forte as chances de classificação. Não adianta abusar da sorte, pois o final não é nada promissor.

Como vem fazendo uma campanha positiva nas competições que disputa neste início de temporada, a torcida até que aceitou a derrota e a desculpa de que em campo estava um time alternativo. Agora é passado. A ordem é vencer o Esporte, que venceu o Treze no seu último compromisso e vem para João Pessoa disposto a surpreender, como disse o técnico Marcos Nascimento. Todo cuidado é pouco se quiser mesmo se reabilitar.

Em baixa

Não está sendo fácil contornar as dificuldades no ambiente do Treze. Dentro de campo o técnico Marcinho Guerreiro promete mudanças contra o Atlético de Cajazeiras. Vagner deve ser novidade no ataque e Juninho pode ser sacado do time titular.

+POSITIVO

O ex-presidente do Botafogo, Nelson Lira, encarou com naturalidade a derrota para a Perilima na última quarta-feira, alegando que o time está bem no Campeonato Paraibano e que pode muito bem somar muito mais pontos nas próximas rodadas. Nelson Lira considera importante a participação do torcedor na tarde de hoje, no estádio Almeidão. Com a torcida em campo o quadro se torna favorável.

-NEGATIVO

E um amigo desportista e engenheiro me confidenciou que é triste a realidade dos estádios da Paraíba, com destaque para o Almeidão, em João Pessoa, e Amigão em Campina Grande. Os dois campos precisam de reformas na sua estrutura com urgência. Nada de acomodações. O trabalho tem que ser responsável e rápido, para evitar danos para quem frequenta os dois equipamentos.

Pedindo apoio

O ex-presidente do Auto Esporte, Manoel Demócrito, ainda pede doações de sabonete, creme dental e escova, para os garotos do projeto da Escolinha JM, em Mandacaru, que tem 150 garotos carentes. Os contatos podem ser feitos pelo telefone 9.8608.6608. Dia 28, às 16h, no CSU de Mandacaru, será feita a entrega.

NO FOCO

O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola, confirmou para o próximo dia 13, reunião com toda a comissão dos Jogos das Apcefs do Nordeste, que serão realizados em Joáo Pessoa. Na oportunidade será oficializada a programação.

Giovana Campos terá o seu primeiro desafio do ano, agora defendendo as cores da AcquaR1. Hoje, no parque aquático do Sort de Recife, ela participará do Desafio Velocidade 4 Estilos, que abre a temporada Norte-Nordeste da Natação. Além de Giovana, a AcquaR1 contará com o nadador Kayan Negrão. A dupla é comandada pelo professor Eriko Silva.

 

Relacionadas