terça, 20 de outubro de 2020


Edinho Magalhães
Compartilhar:

Ricardo Barros, do Centrão, é o novo líder do Governo na Câmara

12 de agosto de 2020
A mudança de líder do Governo na Câmara ocorreu hoje já sem nenhuma surpresa. Depois de um ano e meio o Planalto percebeu que diante de tantas crises institucionais era preciso se fortalecer dentro do Congresso Nacional.

Sai o diligente major Vitor Hugo (PSL/GO), que tem a confiança absoluta do presidente Bolsonaro, e, por contingência política-partidária, entra o ex ministro da Saúde de Michel Temer, Ricardo Barros, do Progressistas (mesmo partido do líder do Centrão, Artur Lira e do líder da Maioria, Aguinaldo Ribeiro)

Na verdade a grande imprensa já vinha tratando o deputado Artur Lira como o líder informal do Governo nas tratativas na Câmara Federal.

E, não por menos, o líder Vitor Hugo vinha evitando marcar audiência e reuniões na sala da liderança, optando por receber em seu gabinete no oitavo andar do anexo 4 da Câmara. mesmo antes do início da pandemia.

Com isso crescem o PP e o Centrão.

Mas não se enganem: major Vitor Hugo cumpriu uma espinhosa missão por mais de 20 meses, quando apostavam que ele não ficaria nem 20 dias. Ele continua na cota pessoal do presidente e deve ser aproveitado em cargo estratégico do Governo, "quando e onde quiser", segundo uma fonte palaciana.