segunda, 21 de maio de 2018

Edinho Magalhães
Compartilhar:

Presidência de Cássio

22 de Abril de 2018
Presidente em exercício do Senado até a próxima quarta-feira, o senador Cássio Cunha Lima teve dias de programação intensa durante a semana em Brasília. Ele criou uma pauta de ‘agenda positiva’, para acelerar o trâmite de projetos e matérias de relevância nacional, que sejam importantes ao desenvolvimento econômico das regiões, com geração de emprego e renda.

Na terça feira, por exemplo, apresentou um Decreto Legislativo que irá corrigir os problemas do ‘seguro-defeso’ para os trabalhadores de pesca de todo o país, lembrando que “somente na Paraíba mais de 15 mil famílias dependem desse benefício”. Na quarta feira ele convidou o presidente da Federação das Indústrias da Paraíba, Buega Gadelha, para reunião com o presidente da CNI, Robson Andrade e o senador Armando Monteiro para identificar e ‘destravar’ projetos que possam reaquecer a economia da região.

No dia seguinte reuniu os senadores do Nordeste em audiência na Presidência do Senado com o novo Ministro da Integração, Antônio de Pádua, sobre o ‘eixo-norte da Transposição’. A empresa responsável pela obra teria renunciadoao contrato, mas, na reunião, ficou asseguradoque os serviços terão continuidadeimediata com a convocação de nova empresa.

E na quinta-feira Cássio conseguiu aprovar em plenário projeto de lei, de sua autoria, que permite o fornecimento de água por fontes alternativas, como a de reuso, água de chuva e de águas residuais. O projeto autoriza a aplicação dessas novas fontes e estabelece critérios de regulação e fiscalização para sua correta utilização, mantendo dois sistemas em funcionamento: de água potável e não potável.“Isso vai ampliar o potencial hídrico e diminuir o desperdício de água em especial no Nordeste que tem longos períodos de estiagem”. Falou e disse.

Ministro na Paraíba

Antes de embarcar com o ministro do Trabalho à Paraíba, o deputado Wilson Filho conversou com a TV CORREIO em Brasília comentado sobre “os mais de R$20 milhões em investimentos para geração de empregos no Estado, com quase 9 mil vagas pelo Qualifica Brasil e Pronatec”.

Secretária em Brasília

Mestranda em Políticas Públicas na UnB, Mayara Santiago, filha e irmã dos ‘Wilsons’ Santiago, já tem planos para dinamizar os trabalhos como nova titular da Secretaria de Representação do Estado, em Brasília, em busca de recursos, projetos e investimentos para a Paraíba.

Dobradinha Santiago

Falando na família Santiago, o horizonte vai se revelando favorável à dobradinha dos ‘Wilsons’: o pai pra federal e o filho pra estadual... de olho no eleitor da Capital em 2020.

De volta ao aconchego

Em entrevista à TV Correio em Brasília o deputado Benjamin Maranhão disse que está muito à vontade de volta ao MDB, partido que lhe deu dois mandatos de federal. E acredita no sucesso da candidatura de seu tio senador José Maranhão ao Governo do Estado, por estar na linha do que o eleitor deseja: “experiência e ficha limpa”.

Estado endividado

Benjamin ainda teceu críticas à atual gestão do Governo do Estado. “As contas não estão nada boas. Tem números maquiados. O Estado está endividado, sem capacidade de financiamento e empréstimo”, concluiu.

Cadastro positivo, sim!

O líder do Governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro prevê que o início da derrubada dos juros exorbitantes praticados pelo sistema bancário brasileiro, virá com a efetiva aplicação do cadastro positivo (PLP 441/17) que deverá ser votado nesta terça: “os pequenos consumidores que pagam as contas em dia receberão uma nota de crédito permitindo acesso a juros menores”.

Frase

“Não tem como nenhum país do mundo ser competitivo com um funcionamento parlamentar em que a gente passa um dia inteiro no plenário e não vota absolutamente nada.”  - Deputado Pedro Cunha Lima sobre o elevado custo de uma sessão e a baixa produtividade do parlamento.

Relacionadas