domingo, 17 de fevereiro de 2019

Fábio Cardoso
Compartilhar:

Parcerias com Alemanha

12 de fevereiro de 2019
O governador João Azevêdo recebeu, ontem, na Granja Santana, a visita da cônsul geral da Alemanha para o Nordeste, Maria Könning de Siqueira Regueira. Na oportunidade, discutiram possibilidades de parcerias nas áreas do turismo, da cultura e educação. Também participaram do encontro, os secretários do Turismo e Desenvolvimento Econômico, Gustavo Feliciano; e de Cultura, Damião Ramos. No encontro, Azevêdo ressaltou a importância de buscar novas parcerias para atrair investimentos. “Nós tivemos a oportunidade de tratar de eixos de investimentos que a Alemanha pode trazer a Paraíba. É importante abrir esse leque de possibilidades para que o Estado gere empregos; gerando emprego, gera renda e qualidade de vida”, reforçou.

Divulgando Campina Grande

Campina Grande foi a grande atração da abertura de 6ª Convenção Nacional de Vendas da CVC, no domingo, em Porto de Galinhas, no litoral pernambucano. O evento termina amanhã e conta com a participação de 1,6 mil agentes de viagens e maiores vendedores da operadora de todo o Brasil. Inicialmente estava programada uma apresentação de trios de forró e quadrilhas juninas na área da piscina do hotel, onde a convenção está acontecendo. A apresentação foi tão aplaudida, que o Departamento de Marketing da CVC pediu à Prefeitura de Campina Grande, responsável pela participação dos grupos na convenção, para realizar nova exibição à noite, na abertura do coquetel do evento.

Material institucional

Durante as duas apresentações das quadrilhas e trios foram distribuídos material institucional de divulgação do destino Campina Grande e da rede hoteleira da cidade, pela equipe da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Campina Grande, sob a liderança da titular da pasta, Rosália Lucas.

Polo médico

Primeiro polo do Norte e Nordeste e segundo maior polo médico do Brasil, atrás apenas de São Paulo, Recife recebe pacientes que chegam de diversos estados, em busca de serviços que unem alta tecnologia e qualidade. São mais de 400 hospitais, clínicas e centros de diagnósticos por imagem, com 8,2 mil leitos, que atendem a uma clientela de cerca de 20 mil pessoas por dia. O polo médico de Pernambuco tem um faturamento de 7,2 bilhões. Em 2017, o setor resultou em mais de R$ 59 arrecadados com o Imposto Sobre Serviços (ISS). Além de sua importância para a economia do estado, o polo médico se destaca pela oferta de serviços médico-hospitalares de com alto padrão de especialização.

Mais antiga do Nordeste

Um exemplo do crescimento e consolidação do Polo Médico de Recife é do Grupo Radiológico José Rocha de Sá, que, com 50 anos, é a empresa de diagnóstico mais antiga do Nordeste. Unindo tradição com modernidade, o grupo oferece, entre outras coisas, serviços de medicina nuclear, através do Cemupe, que fica localizado no Bairro do Derby. “A medicina nuclear cresceu muito na parte da cardiologia, por exemplo. Um dos exames mais importantes é a cintilografia do miocárdio, que serve para avaliar o fluxo de sangue nas artérias do coração. O exame é utilizado para avaliar a presença de infarto em pacientes com dor no peito, com risco elevado de ter problemas cardíacos ou em casos de insuficiência cardíaca”, diz Erika Rocha, diretora administrativa do Grupo Radiológico José Rocha de Sá.

Logística da Paraíba

O ex-secretário executivo de Indústria e Comércio da Secretaria de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico da Paraíba e ex-administrador do Porto de Cabedelo, Wilbur Jácome, irá proferir palestra às 9h de hoje, na Casa do Empreendedor, Villa Sanhauá, na Rua João Suassuna, no Centro Histórico, na Capital. Ele abordará o tema “Avaliação da Infraestrutura Logística da Paraíba, com foco no Comércio Exterior”. A palestra faz parte de uma série de ações desenvolvida pelo Fórum Estadual do Pensamento Econômico - Paraíba (FESPE/PB), que se reunirá após o evento para dar continuidade à discussão sobre o seu Regime Interno.

Discutindo problemas da Paraíba

O Fórum, concebido no ano passado por Conselhos de Classe, visa a discussão das problemáticas do estado da Paraíba sob os pontos de vista econômico e social. A entrada é gratuita para o evento, voltado a economistas e estudantes. A iniciativa surgiu a partir da entrega aos então candidatos a governador de um Plano de Desenvolvimento Econômico formulado pelo Órgão, através do economista e ex-Reitor da UFPB Rômulo Polari. O Fórum pretende dar continuidade a discussões e busca de soluções para problemas identificados em segmentos, por exemplo, de infraestrutura e social.

Relacionadas