segunda, 10 de dezembro de 2018

Pessoa Júnior
Compartilhar:

O tempo não é bom

28 de novembro de 2018
Sei não, mas alguma coisa me diz que o início da temporada 2019 será com turbulência. A abertura do Campeonato Paraibano está programada para o dia 12 de janeiro, como aprovou o Conselho Arbitral. Será que abola vai rolar mesmo? Eu penso que não, mas torço para errar nessa previsão, até porque o torcedor merece mais respeito.

A confusão está formada e precisa ser levada a sério. Auto Esporte e Guarabira que decepcionaram seus torcedores dentro de campo, querem retornar a elite do futebol paraibano em 2019 de qualquer maneira, via tapetão, pedindo inclusive que Botafogo e Campinense sejam rebaixados, por conta do envolvimento na Operação Cartola. Alguém pode até pensar que é loucura ou brincadeira, mas os dirigentes mostraram na entrevista coletiva que vão até o fim da linha por seus direitos.

Não sei quem está com a razão, nem entro em detalhes para evitar erros absurdos, mas posso admitir que a confusão está formada e que a Federação Paraibana de Futebol vai ter muita dor de cabeça para oficializar a abertura da temporada para 12 de janeiro. Como conheço muito bem as figurinhas carimbadas do futebol profissional da Paraíba, muita coisa vai rolar e atrapalhar os planos da gestão da presidente Michelle Ramalho.

Além desse novo cenário criado por Auto Esporte e Guarabira, ainda tem os campos de futebol que não oferecem condições de jogo e com certeza serão vetados após vistoria acompanhada pelo Ministério Público. Só se fala na beleza do gramado do e Amigão, em Campina Grande. E o resto? Podem ter certeza que o quadro é negativo e se o clima não mudar o mais rápido possível, a abertura da temporada está ameaçada.

No Patinho

Washington Lobo fechou mesmo com o Esporte de Patos e Marcos Nascimento comandará a gerência de futebol. A dupla se entende muito bem e se a diretoria oferecer as condições básicas a torcida terá novos momentos de muita alegria. Agora é só esperar a formação do time.

Positivo

O presidente do Clube dos Oficiais, Coronel Francisco de Assis, já está trabalhando com os seus principais assessores planejando a próxima gestão, que promete atender mais a vontade dos sócios. O esporte e o social são prioridades na nova gestão do Coronel Francisco de Assis. Na festa da posse, os sócios e convidados terão novidades sobre o que vai acontecer a partir de janeiro.

Negativo

O futebol feminino que é cheio de altos e baixos na Paraíba, também está tumultuado com muita gente brigando fora de campo na corrida pelo título da temporada 2018. O problema é que alguns times entraram só para fazer graça ou coisa parecida. E quando encaram a realidade de frente, querem correr antes do tempo sem pensar nas consequências que virão. Tudo errado.

Futsal

Com todo respeito aos adversários do dia a dia, o presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim, é um homem tranquilo na caminhada para a reeleição. O pleito está marcado para o próximo sábado e Bosco Crispim está confiante no trabalho que realizou para continuar no cargo com o apoio dos filiados.

No foco 1

A professora Rossana Marques, um nome de prestígio na Seleção Brasileira de Handebol de Areia, será uma das homenageadas no Prêmio Melhor do Esporte, no próximo fim de semana, no Esporte Clube Cabo Branco.

No foco 2

A professora Tereza Carmem (camisa amarela), coordenadora do Curso de Educação Física da Uninassau, será uma das homenageadas no Prêmio Melhor do Esporte no próximo fim de semana. Tem relevantes serviços prestados a educação física e na formação de novos profissionais .

Relacionadas