sexta, 24 de janeiro de 2020

Edinho Magalhães
Compartilhar:

“O Cabral Socialista”

12 de janeiro de 2020
A última fase da operação Calvário na Paraíba foi destaque na edição deste fim de semana da revista ‘Crusoé’, de circulação nacional, e, que tem imensa penetração nos escaninhos do Poder em Brasília. A revista é o formato impresso do site “O Antagonista”, conhecido em todo o Brasil pela sua cobertura política comabordagem assertiva e investigativa sobre os fatos da ‘Côrte’, na Capital Federal. Sempre se antecipando aos fatos o site conseguiu, ao longo dos anos, se tornar uma referência de credibilidade. Quando se quer atestar uma notícia como verdadeira, se costuma dizer em Brasília: “saiu no antagonista, então tá!”.

Com o Congresso Nacional de recesso, a linha editorial transbordou seu lado investigativo-policial, trazendo na capa ninguém que menos que o senador Renan Calheiros, sob o título “Porque ele sempre escapa”, comparando-o ao personagem interpretado por Leonardo de Caprio, o Frank Abagnale Jr, no filme “Prenda-me se for capaz”.

Pois bem, a figura do ex-Governador Ricardo Coutinho aparece justamente nesta edição, e em destaque numa matéria sob o título “O Cabral Socialista”, comparando-o, por sua vez, ao ex-governador Sérgio Cabral, apontado como principal responsável pela rede de corrupção que se instalou e quebrou o Rio de Janeiro. Cabral foi condenado em pelo menos 12 processoscujas sentenças somam mais de 260 anos de prisão. Pior comparação não poderia existir.

A matéria informa que ‘Crusoé’ teve acesso a documentos inéditos da ‘Operação Calvário’ e revela “como uma complexa organização criminosa se instalou na Paraíba durante o governo Ricardo Coutinho com ramificações em outros Estados”. Segundo a matéria, os investigadores afirmam que “o esquema de corrupção era comandado pelo Socialista, com tentáculos no Tribunal de Contas, no Judiciário, no Ministério Público e na Assembléia Legislativa”.

Segundo a revista, a parte mais sensível de toda essa crise que envolve diretamente o ex governador do PSB, seria o ex-Procurador do Estado, Gilberto Carneiro, tido como ‘ponte’ de Ricardo junto aos Tribunais Superiores em Brasília, sugerindo atuação do grupo junto ao TSE e ao STJ, onde Coutinho tem conseguido decisões favoráveis nos processos em que figura como réu. A matéria, assim como o programa Fantástico exibido no mês passado, alerta o país sobre o que teria acontecido na Paraíba, de forma escandalosa e dramática. O episódio coincide com o afastamento do ex-Governador da presidência do partido no Estado, diminuindo, eventual desconforto que sua presença poderia gerar à sigla em pleno ano eleitoral. Resta saber se Ricardo também terá a mesma iniciativa junto à Executiva Nacional do partido que funciona em Brasília, assim como, à presidência da Fundação João Mangabeira, que funciona numa mansão na Qi5 do Lago Sul, área nobre da Capital Federal.Em Brasília, há quem já espera por isso.

A Culpa é do Estatuto!

O deputado Gervásio Maia postou em suas redes sociais o comunicado do PSB da Paraíba informando que a saída do ex-Governador Ricardo Coutinho da presidência do partido no Estado, se deu “em virtude da necessidade estatutária de renovação da comissão provisória”. Ah, tá! Ao final, o comunicado diz que Gervásio é quem “dará continuidade aos trabalhos”.

Julian Defende Moro...

O aniversariante da semana, deputado Julian Lemos, explica porque é contrário a decisão do Governo em sancionar a criação do “Juiz de Garantias”, no pacote anti-crime: “me dou a liberdade de ser contrário a esse dispositivo esdrúxulo sem me considerar um traidor. Acompanho pessoas sensatas como o juiz Sérgio Moro que já se manifestou contra a idéia”.

...Contra o Governo.

E fundamenta: “Na Paraíba, por exemplo, não há sequer um juiz para cada Comarca, quiçá, um segundo. Além de haver clarainconstitucionalidade formal, pois leis que tratem da organização da Magistratura, deve ser de iniciativa do STF e não do Governo”.

Utopia Petista

E o deputado Frei Anastácio também usa as redes sociais. Neste fim de semana ele usou para convidar os internautas a participarem do “Festival PT 40 Anos”, no próximo dia 7 de fevereiro às 19hs, no Rio de Janeiro. O local do evento é que é bem sugestivo: “Armazém da Utopia”.

Trio Sem Recesso

Os deputados Hugo Motta, Edna Henrique e Ruy Carneiro seguem em ritmo intenso e acelerado de trabalho mesmo durante o recesso parlamentar. Nesse mês de janeiro ainda não houve um dia da semana que eles não tenham visitado cidades das mais diferentes regiões do Estado, do litoral ao sertão. O ano pode até ser eleitoral, mas a disposição do trio, é elétrica!

Turismo de Janeiro

Pelas redes sociais o deputado Damião Feliciano aproveita o período de recesso e férias para divulgar a Paraíba e convidar os turistas a conhecerem o Salão do Artesanato em João Pessoa (deste fim de semana até 2/2), com cerca de 300 artesãos movimentando mais de R$ 1,3 milhão.

Relacionadas