sábado, 20 de abril de 2019

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Nada fácil

15 de dezembro de 2018
O Botafogo-PB terá o Operário-MS como seu primeiro adversário na Copa do Brasil do próximo ano. Começa fora de casa a responsabilidade é grande, pois essa fase da competição é decidida em jogo único. Sendo assim, só cabe ao time paraibano vencer e vencer para poder pensar em disputar a segunda fase. Não vai ser nada fácil, já que o adversário é forte quando joga nos seus domínios e tem uma torcida exigente.

Já o Campinense Clube estreia em casa, contra o Botafogo-RJ. Um adversário de muita qualidade e que está se planejando para fazer uma temporada positiva em 2019. Mesmo assim a Raposa pode mostrar suas qualidades jogando no Amigão e contando com a sua apaixonada torcida que não terá o meu eterno amigo e irmão Rocha Filho, que deixou o nosso convívio este ano.

Agora que conhecem os adversários, Botafogo-PB e Campinense precisam se cuidar com muito mais afinco, pois não vai ser moleza essa Copa do Brasil. Acredito que para o time da capital a parada é muito mais difícil, já que vai jogar fora de casa contra um adversário difícil de ser vencido quando joga ao lado da sua torcida. A Raposa pode surpreender sim, desde que mostre qualidade e competência dentro de campo.

A sorte está lançada e a torcida paraibana espera que os dois times possam corresponder na Copa do Brasil, mesmo sabendo que Botafogo-PB e Campinense terão dificuldades na busca da classificação. Mesmo assim é importante que todos pensem positivo. O time botafoguense terá poucos torcedores fora de casa. Mas a Raposa no Amigão terá um grande público em seu favor e isso deve fazer a diferença quando a bola rolar.

00

Perdemos ontem, mais um grande amigo na crônica esportiva da Paraíba. Deixou o nosso convívio o comentarista Sérgio Taurino, que já se encontra ao lado do pai, o saudoso Hermes Taurino. Jogamos juntos por muito tempo na Acep. Que Deus conforte toda a família.

+POSITIVO

O professor José Geraldo está fechando a temporada 2018 com saldo positivo no esporte. Além de ter realizado com competência os Jogos das Escolas Estaduais, na última quinta-feira foi campeão invicto da Liga Paraibana de Voleibol, comandando o time A do Unipê. Satisfeito com tudo que aconteceu, José Geraldo já começa a planejar o próximo ano para repetir o êxito.

-NEGATIVO

E quando será que vai começar a vistoria aos estádios que foram colocado a disposição do Paraibano de 2019? Até agora não se marcou nada e é motivo de preocupação para a Federação Paraibana de Futebol, que marcou o início da competição para o dia 12 de janeiro. Será que a bola vai rolar mesmo? Acredito que não, pois falta muito para atender o Estatuto do Torcedor.

Escolinha de Futebol

Depois de encarar a Escolinha da Ansef na última quinta-feira, a Escolinha de Futebol vai pegar o Santos na manhã de hoje, a partir das 7h30. Os jogos vão reunir alunos na faixa etária entre 6 e 14 anos. No Clube dos Oficiais as matrículas estão abertas para sócios e não sócios. O telefone para contato é 9.8802-6121.

NO FOCO

O coronel Francisco de Assis toma posse hoje, para novo mandato na presidência do Clube dos Oficiais. Promete mais trabalho com toda a sua diretoria e conselheiros. A festa começa às 20h e promete ser bastante concorrida.

O doutor Heraldo Rocha, que como atleta fez parte da era de ouro do handebol paraibano, foi contemplado com o Prêmio Melhor do Esporte, na grande festa realizada no Cabo Branco. Heraldo Rocha é botafoguense e torce pelo sucesso do esporte paraibano em todas as suas dimensões. Trata-se de um desportista nato.

Relacionadas