segunda, 10 de dezembro de 2018

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Na luta

05 de dezembro de 2018
Talento, garra e determinação o piloto paraibano Léo Barbosa tem de sobra para tornar realidade o sonho de chegar a Fórmula-1. O que lhe falta na realidade é um grande patrocinador para continuar em crescimento no automobilismo. Começou pelo kart e já chegou na categoria principal da Fórmula-3. No entanto, o fator financeiro tem atrapalhado os seus planos, já que depende apenas do respaldo financeiro da família.

Na festa do Prêmio Melhor do Esporte, que aconteceu com absoluto sucesso no último sábado, no Cabo Branco, lá estava Léo Barbosa sendo homenageado pelo que fez e que ainda fará defendendo as cores do automobilismo paraibano. A alegria era quase que total, pois Léo Barbosa sente o reflexo dessa barreira que é a falta de patrocinador para correr nos grandes centros.

As dificuldades financeiras são muitas, Mas Léo Barbosa não é de desistir. A família ainda percorre todos os caminhos na busca de um patrocinador máster, pois em 2019 tem muitas portas abertas para esse jovem talento do automobilismo paraibano. Se o apoio aparecer de verdade, Léo Barbosa vai correr muito mais e proporcionar momentos de alegria para o povo paraibano que aposta no seu talento e na sua vontade de crescer a cada dia na busca de um sonho.

Assim como Léo Barbosa, vi no Prêmio Melhor do Esporte talentos de diversas modalidades, reclamando a falta de apoio para poder representar a Paraíba no cenário nacional e até internacional. Quando será que vai acontecer uma mudança nessa triste realidade? Estou chegando aos 35 anos no jornalismo esportivo e esse cenário se repete ano a ano. Eu só espero que Léo Barbosa e a legião de talentos que temos não desistam dessa caminhada, pois a vitória tem sabor de mel. Com certeza serão vencedores em pouco tempo.

Melhor do esporte

Foi um sucesso a edição 2018 do Prêmio Melhor do Esporte. O restaurante panorâmico do Cabo Branco recebeu um público extremamente comprometido com as causas do esporte. Foi mais um momento de confraternização no esporte. Todos estão de parabéns.

Positivo

O time de futsal da AAPB na categoria sub-6 está fechando a temporada 2018 com um saldo positivo em todas as disputas que participou. Isso é fruto do trabalho que é coordenado pelo professor Rodrigo, com a participação efetiva dos pais que estão sempre apoiando o crescimento dessa garotada no esporte. Para 2019, Rodrigo já está com o seu grupo formado e promete novas conquistas.

Negativo

E tem umas figurinhas carimbadas que não se cansam de criar clima ruim no esporte paraibano. Perdem em todas as ações, mas estão sempre querendo atrapalhar a vida de quem trabalha com transparência e responsabilidade na Paraíba. Ainda bem que os verdadeiros desportistas que estão no dia a dia do esporte paraibano conhecem a maldade daqueles que falam sem saber o que estão falando.

Planejamento

Professores e coordenadores de modalidades esportivas do Clube dos Oficiais se reúnem hoje de manhã. O objetivo maior é planejar a temporada 2019. Reeleito para mais um mandato, o presidente do COPM-BM, Coronel Francisco, espera por mais resultados importantes em todos os seus segmentos.

No foco 1

Nadando pela primeira vez os 100 metros costas em piscina curta, no Pernambucano, Giovana Campos, atleta do COPM-BM, marcou o segundo melhor tempo do Brasil - 1.26'70 - mostrando que vai muito mais além em 2019.

No foco 2

O piloto Léo Barbosa (de preto) e a diretora da Interser, Cláudia Franca, receberam suas homenagens no Prêmio Melhor do Esporte, ladeados pelo professor do Colégio Polígono, Jorge Carvalho, e do diretor financeiro da Interser Victor Yared. Todos acreditam na força do esporte e tem ações importantes no crescimento desse segmento.

Relacionadas