quarta, 17 de julho de 2019

Edinho Magalhães
Compartilhar:

Lista Tríplice a Bolsonaro

26 de junho de 2019
O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República-ANPR, paraibano Fábio George da Nóbrega, que conduziu na semana passada a votação do Ministério Público Federal em todo o país, para escolha da lista tríplice indicando novo ou nova Procurador(a) Geral da República, aguarda confirmação de agenda com o presidente Bolsonaro para entrega da lista com os nomes dos mais votados, que foram: os sub procuradores Mário Bonsaglia e Luiza Frischeisen, com 478 e 423 votos, respectivamente, e o procurador regional Blal Dalloul, com 422.

Fábio George salienta que, apesar do voto ser facultativo, a mobilização da ANPR atingiu um recorde junto aos membros do MPF de todo o país, com a participação de mais de 82% de todos os procuradores, totalizando quase mil votantes. Cada um poderia votar em até três candidatos entre os dez inscritos – maior número desde o início da criação da lista tríplice, em 2003.

E ao longo desses 16 anos, a lista tem sido acatada por todos os Presidentes da República, tornando-se uma praxe para escolha do Procurador Geral, ao indicar um dos nomes para sabatina e votação no Senado Federal.

Resta saber se Bolsonaro seguirá essa tendência. Eis a Missão do Procurador Fábio George.

Calendário Junino x ‘Calendário Maia’

O calendário junino não parece que irá atrapalhar o avanço dos trabalhos sobre a Reforma da Previdência, na Câmara dos Deputados. Tudo por causa do ‘Calendário Maia’: o presidente da Casa, Rodrigo Maia insiste em votar a Reforma no plenário antes do recesso: dia 17 de julho.

E a Bancada Nordestina?

Fato é que a Comissão Especial que analisa a Reforma não tem parlamentares paraibanos e poucos nordestinos entre seus 49 membros. Para aprovar o texto bastariam 25 votos e a intenção é arriscar a votação esta semana, a partir de hoje. Daí o ‘Calendário Maia’ se consolida...

E a Bancada Paraibana?

Em meio aos festejos juninos, a presença da bancada paraibana esta semana em Brasília é uma incógnita. Mas os líderes Aguinaldo Ribeiro e Wellington Roberto são esperados por suas bancadas a partir de hoje em Brasília. Precisam orientar seus pupilos sobre as emendas que eles próprios apresentaram ao texto da Reforma. Ou fazer cumprir os acordos de votação.

Moro, de Novo?

O deputado Frei Anastácio havia reservado a primeira fila da reunião de hoje, da Comissão de Direitos Humanos. Tudo porque o Ministro Sérgio Moro teria sido convidado para prestar esclarecimentos, de novo, sobre o conteúdo das conversas vazadas entre ele e integrantes da Lava Jato. Na qualidade de ‘convidado’, porém, Moro não deverá comparecer.

Bolsonaro na Paraíba

O presidente Bolsonaro voltou a confirmar presença na Paraíba, em breve. Havia dito em maio para a deputada Edna Henrique durante cerimônia no Palácio do Planalto. Agora, foi com a diretora da Fesp Faculdades, Jeanbelle Barbosa, que esteve em Brasília no fim de semana. Em vídeo, o presidente avisou de sua ida e mandou abraço “ao prefeito Romero de Campina”.

Corregedores em Brasília

O Fórum Nacional dos Corregedores Gerais de Justiça se reunirá pela primeira vez em Brasília esta semana, com a presença de representantes de todo país. O desembargador paraibano Romero Marcelo Oliveira é esperado no evento.

Alô, alô, Prefeitos!

É preciso lembrar aos Secretários Municipais de Educação que o prazo final para envio da frequência escolar dos beneficiários do Programa Bolsa Escola Federal, ao MEC em Brasília, se encerra nesta quinta, 27. O benefício do programa está condicionado à frequência de 85% às aulas, para alunos de 6 a 15 anos e, de 75%, para jovens entre 16 e 17 anos.

Frase

Nós precisamos aprovar uma reforma realista, mesmo que mais modesta. Mesmo que não seja a ‘salvação da lavoura’, mas uma reforma que proteja os mais pobres e vulneráveis”, deputado Aguinaldo Ribeiro, líder da Maioria na Câmara dos Deputados.

Relacionadas