terça, 12 de novembro de 2019

Edinho Magalhães
Compartilhar:

Gervásio x Moro

02 de julho de 2019
O ministro Sérgio Moro confirmou presença hoje na Câmara dos Deputados em audiência pública a ser iniciada a partir das 14hs, em sessão conjunta da CCJ com as comissões de Trabalho, Administração e Serviço Público, Direitos Humanos e Fiscalização Financeira.

A audiência deverá ser interativa com transmissão pela TV Câmara e pela internet.

Alguns parlamentares dessas comissões desejam ouvir explicações do Ministro sobre o vazamento do conteúdo de mensagens trocadas entre ele, quando era juiz, e procuradores da Lava jato, à época do pedido de prisão do ex-presidente Lula, chamado de “Vaza Jato”.

Em audiência pública realizada na Comissão de Direitos Humanos, semana passada, o fundador do site ‘Intercept’, jornalista Glenn Greenwald, reafirmou que “houve conluio entre o então juiz e os procuradores”. O ministro da Justiça e os membros da Lava Jato, no entanto, negam irregularidade nas conversas e duvidaram do conteúdo das mensagens.

Moro virá a público tratar do assunto novamente dois dias após as manifestações de rua em mais de 70 cidades brasileiras em apoio ao Governo Bolsonaro e a ele próprio, considerado por muitos o ‘herói nacional contra a corrupção’.

Da bancada federal paraibana o deputado Gervásio Maia, membro da CCJ, é um dos mais ansiosos pelo encontro e deve se sentar na primeira fila da audiência. Semana passada ele fez contundente pronunciamento na Comissão dizendo que “o Ministro Moro precisa se explicar falando conosco ‘olho no olho’”. E foi além: “A justiça não pode perder a sua credibilidade para que o povo não venha a fazer justiça com as próprias mãos”. Para o parlamentar paraibano, “o ex-presidente Lula só foi preso pelo ministro Moro por jogo político, por disputa de poder”. E acha que o ministro deveria ser exonerado do cargo: “Mais importante do que a vinda do Ministro para se explicar, seria o presidente Bolsonaro o demitir.” Será? A conferir.

Frei Anastácio x Agrotóxicos

O deputado Frei Anastácio declarou guerra aos ‘agrotóxicos’. Em discurso na Câmara, semana passada, ele denunciou que “60 mil brasileiros morrem por ano vítimas dos agrotóxicos e desse total, 1/3 são bebês que ingerem veneno inclusive pelo leite materno”.

Frei Anastácio x Agrotóxicos 2

Segundo a denúncia do deputado, baseada em dados de 2014, a maior parte dos agrotóxicos é consumida na comida: “70% dos alimentos crus têm agrotóxicos, assim como a água de praticamente todos os sistemas municipais de abastecimento, elevando para 1,2 milhão de brasileiros intoxicados em apenas 7 anos. Não podemos pagar esse preço!”, declarou.

Aguinaldo e...

O deputado Aguinaldo Ribeiro lembra que a Emenda Constitucional de n° 100, promulgada semana passada pelo Congresso Nacional, que torna impositiva as emendas de bancada no Orçamento da União, foi relatada por ele quando tramitava na Câmara dos Deputados.

...a Emenda 100!

Segundo ele, “teremos mais segurança para execução dos contratos com as empresas, o que vai evitar um problema antigo do Brasil: as obras públicas inacabadas”. Deus te ouça!

Saia Justa de Damião

O deputado Damião Feliciano entrou numa saia justa com a votação da Reforma da Previdência. Em reunião na liderança de seu partido (PDT), com o presidente da sigla, a bancada fechou questão contra a Reforma da Previdência. Ocorre que os Governadores do Nordeste resolveram apoiá-la, inclusive João Azevedo, de quem sua esposa é Vice. ‘E agora, José?’

Economia de Efraim

Pelas redes sociais o deputado Efraim Filho comenta resultado de pesquisa em que aparece como o parlamentar ‘mais econômico’ da bancada federal paraibana. Segundo seu facebook, ele teria utilizado “pouco mais de R$ 60 mil nesses primeiros 6 meses do ano”, três vezes menos de quem mais gastou: Wellington Roberto, com R$ 180 mil.

Magno Malta elogia Julian

O deputado Julian Lemos recebeu um elogio nacional do ex-senador Magno Malta e o replicou em suas redes sociais. A citação foi pela página do facebook de Malta: “Julian é um dos mais importantes soldados na libertação do Brasil! O presidente tem muito agradecer a ele! A luta contra pedofilia e proteção das crianças tem que continuar. O Brasil conta com você guerreiro!”.

"Quem puxa saco também puxa tapete. Afaste-se!”, do deputado Julian Lemos, pelas redes sociais, num claro recado ao presidente Bolsonaro (?), com quem já teve maior proximidade.

Relacionadas