sábado, 20 de abril de 2019

Edinho Magalhães
Compartilhar:

Gabinetes Parlamentares 2019

23 de dezembro de 2018
A Câmara Federal acaba de divulgar lista com o número e local dos gabinetes parlamentares, de cada deputado eleito, para a nova legislatura que se inicia no próximo dia 1° de fevereiro.

A maioria dos gabinetes se concentra no prédio do Anexo IV, que são maiores e mais completos. Alguns, porém, ficam no Anexo III, menores e sem banheiro, por exemplo.

Muitos parlamentares, reeleitos, permaneceram em seus atuais gabinetes. Alguns optaram por mudar. Quando novato, o deputado eleito não tem direito de preferência e seu local de trabalho é definido por sorteio. Os maiores de 60 anos têm preferência de escolha, assim como ex-Congressistas. Da bancada federal paraibana, apenas o novato Julian Lemos ficou instalado no Anexo III, com todos os demais no Anexo IV. Entre os reeleitos, apenas Pedro Cunha Lima quis mudar de gabinete. Vejam como ficou a disposição:

-Aguinaldo Ribeiro: Reeleito, permaneceu no Gab 735, Anexo IV;

-Damião Feliciano: Reeleito, permaneceu no Gab 938, Anexo IV;

-Edna Henrique: Eleita, escolheu Gab 962, Anexo IV, pelo critério > 60 anos;

-Efraim Filho: Reeleito, permaneceu no Gab 744, Anexo IV;

-Frei Anastácio: Eleito, escolheu Gab 442, Anexo IV, que era de Luiz Couto, critério > 60 anos;

-Gervásio Maia: Eleito, recebeu o Gab 308, Anexo IV, por sorteio;

-Hugo Motta: Reeleito, permaneceu no Gab 237, Anexo IV;

-Julian Lemos: Eleito, recebeu o Gab. 272, Anexo III, por sorteio;

-Pedro C Lima: Reeleito, escolheu mudar para o Gab. 810, Anexo IV;

-Ruy Carneiro: Eleito, escolheu o Gab 536, Anexo IV, por ser ex-Congressista;

-Wellington Roberto: Reeleito, permaneceu no Gab 514, Anexo IV;

-Wilson Santiago: Eleito, escolheu o Gab 534, que era de Wilson Filho, por ser ex-Congressista;

Liderança de Daniela

Na primeira oportunidade em Brasília, a senadora eleita Daniela Ribeiro mostrou a que veio. Antes mesmo de tomar posse, já foi indicada para liderar o PP no Senado, em 2019. Poderosa.

Bastidores de Brasília

No encerramento das atividades legislativas, o presidente da Câmara Rodrigo Maia ofereceu jantar na residência oficial, na noite de quinta, para lideranças partidárias. Entre elas, Aguinaldo Ribeiro. Foram traçadas estratégias para sua campanha de reeleição.

Bastidores de Brasília 2

Um seleto grupo de convidados, entretanto, aposta que o ‘centrão’ deveria ter um ‘plano B’, caso a candidatura de Rodrigo não empolgue para o dia 2 de fevereiro. Nesse caso, a aposta, segundo eles, recairia sobre Aguinaldo.

Números do orçamento

O deputado Marcondes Gadelha lamentou no plenário da Câmara, esta semana, os “números pífios” do Orçamento para investimentos: “os menores desde 2004”. Para 2019 teremos incríveis R$1,2 trilhões em gastos fixos e parcos R$119 bi de investimentos.

Impressionante o que se gasta e o que não se investe no Brasil.

O Brasil & o Brasileiro

Pelos números do OGU, percebe-se que o Brasil é a cara do brasileiro e vice-versa. Numa comparação, é como se alguém que ganha R$1,2 mil por mês, tivesse apenas R$119,00 pra comprar alguma coisa. O resto é pra pagar conta fixa! Tá desse jeito...

ANS bem que tentou...

A Agência Nacional de Saúde, que tem o paraibano Paulo Rebello entre seus diretores, acaba de aprovar novo cálculo para reajuste dos planos de saúde, a partir de 2019. Segundo a Agência, o novo cálculo dará mais transparência e previsibilidade para o consumidor. Até aí, tudo bem...

...Mas não garantiu.

Mas o novo cálculo deveria, também, prever a redução dos índices de aumento, sempre bem acima da inflação, e isso não está garantido. O receio é que se repita o que aconteceu na ANAC, quando garantiu que os preços das passagens aéreas iriam abaixar com a cobrança de bagagens.

E deu no que deu...

Relacionadas