sexta, 20 de setembro de 2019

Pessoa Júnior
Compartilhar:

Ficou no quase

27 de julho de 2019
O Botafogo chegou a impressionar e amedrontar o adversário ao terminar o primeiro tempo vencendo por 1x0, mas na segunda etapa não segurou a pressão do Imperatriz e acabou sofrendo uma virada. O placar final apontou 2x1 para o time da casa, que segue firme e forte na briga por uma vaga na fase seguinte da Série C do Campeonato Brasileiro. Já o Belo vive um momento complicado e não pode mais tropeçar, principalmente nos jogos que ainda tem para fazer no estádio Almeidão, em João Pessoa.

E com esse novo resultado adverso o Botafogo precisa se cuidar cada vez mais para alimentar o sonho da Série B. Essa sequência sem vitórias tem que acabar sim, pois a briga pela classificação está cada vez mais acirrada nesta reta final. Os adversários cresceram no momento certo, enquanto que o Belo deu uma travada que é motivo de preocupação, principalmente para a diretoria que investiu alto na formação desse elenco.

O técnico Evaristo Piza tem feito de tudo para recuperar o bom futebol do Botafogo, mas a caminhada não está sendo fácil. Contra o Imperatriz o time fez um bom primeiro tempo, mas na segunda etapa caiu de produção. Será que o problema é físico? Sei não. O que está acontecendo na realidade é uma perda de noção quase sempre na segunda etapa. Alguma coisa precisa ser feita para reanimar esse grupo.

Como jogou na quinta-feira, o Botafogo agora está aguardando o fechamento da rodada da Série C para ter uma ideia mais concreta sobre o que fazer daqui para frente. Uma coisa é certa: tropeçar em casa, jamais. Não cabe mais espaço para perda de pontos no Almeidão, a partir do jogo do próximo dia 4, contra o Confiança. A ordem agora é vencer e vencer, para continuar com chances de classificação e dependendo apenas dos seus resultados na reta final.

Futsal

A Taça Cidade João Pessoa de Futsal de 2019 promete ser uma das melhores dos últimos anos. A programação está sendo definida de comum acordo com a Federação Paraibana de Futsal e vai reunir grandes nomes do futsal nordestino, de 11 a 13 de outubro.

Positivo

A Paraíba não conseguiu classificação para a fase final da Taça Brasil de Futsal Sub-11, mas o presidente da Federação Paraibana de Futsal, João Bosco Crispim, considerou importante o desempenho do ECMP e da Apcef/Benfica ao longo da competição. A fase final da competição está marcada para hoje de manhã,10h, na Arena da Apcef-PB, no Altiplano Cabo Branco, que deve receber um bom público.

Negativo

O comportamento do árbitro Luiz Paulo de Moura Pinheiro (MT) foi abaixo do esperado. Deixou de marcar um pênalti em favor do Botafogo e ainda expulsou Enercino num lance considerado normal até por alguns companheiros da crônica esportiva do Maranhão. A atitude de Luiz Paulo de Moura Pinheiro mostrou que ele não está em condições no momento, de apitar jogos importantes na Série C.

Base positiva

Pelo menos no Campeonato Paraibano sub-19 o Treze vai bem. O time venceu a Queimadense no estádio Amigão, e assumiu a liderança do Grupo do Agreste. O gol da vitória foi marcado por Guilherme, que aparece como uma das promessas do Galo da Borborema para a próxima temporada.

No foco

O presidente do Botafogo, Sérgio Meira, acredita que o time continua forte na briga pela classificação na Série C do Brasileiro. Sérgio Meira já começou a convocação para a torcida lotar o estádio Almeidão no próximo dia 4, contra o Confiança-SE.

A diretoria da Apcef-PB se reuniu na manhã de ontem, com o objetivo de definir os principais pontos da programação de abertura dos Jogos Regionais do Nordeste, que acontecerá no dia 23 de agosto. Diretores e comissão organizadora estão antecipando as ações com o objetivo de proporcionar momentos especiais para os participantes do evento. O presidente da Apcef-PB, Carlos Espínola(C) está trabalhando com toda a equipe com o objetivo de realizar a melhor competição dos últimos anos.

Relacionadas