quarta, 13 de novembro de 2019

Fábio Cardoso
Compartilhar:

Feiras de Negócios Criativos

26 de julho de 2019
O Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, foi o palco escolhido para sediar uma das melhores Feiras de Negócios Criativos e Colaborativos do país, de 25 a 28 de setembro. O evento vai reservar espaços para o artesanato e arte popular, artes visuais, audiovisual/cinema, design (gráfico, moda, interiores), música e gastronomia, teatro, circo, literatura, games, websites, arquitetura, moda, museus, literatura, comunicação, publicidade, startup digitais. Tudo poderá ser visto das 14h às 21h. O evento irá reunir na capital paraibana profissionais de todo o Brasil e de outros países para discutir o futuro dos negócios criativos, apresentar as novas tendências, e fazer bons negócios. Estima-se que a feira tenha público estimado de 4 mil participantes.

Inscrições

Para ter acesso a toda a programação, segundo Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae da Paraíba e coordenadora da feira, as pessoas precisam se inscrever para as palestras e oficinas, também para terem acesso aos Coquetéis de Networking - espaço para aproximar pessoas com outros profissionais de sua área, estreitar relacionamentos e fechar negócios. Pitch com Café será outro espaço de networking, onde os profissionais e os negócios criativos podem se inscrever e apresentar, em cinco minutos, o seu projeto, para investidores, patrocinadores e aceleradoras.

Guerra contra o booking

A Praia da Pipa, um destino consagrado de muitos paraibanos e recebe turistas do mundo todo, os seus hotéis e pousadas, através da Associação de Hotéis e pousadas da Praia da Pipa (ASHTEP), deram inicio a uma campanha, a exemplo da ilha de Fernando de Noronha, para coibir o aluguel de casas e de apartamentos pelo site de e-comerce de viagens Booking.com. O propósito é que essa OTA (Agências de Viagens Online, do inglês Online Travel Agencies) seja exclusiva para aluguel de quartos de hotéis. A primeira medida que foi tomada pelo grupo hoteleiro, que alega a concorrência desleal com apartamentos e casas de aluguel, foi a exclusão da categoria preferencial junto à Booking.

Aulão do enem

O Foco Curso, localizado em Mangabeira, promove amanhã mais um tradicional Aulão do Enem “Caiu a ficha”. O aulão será realizado na Faculdade Maurício de Nassau, a partir das 14h até às 19h, e os alunos receberão todo material e haverá ainda sorteio de brindes e outras surpresas. O time de professores está escalado com Daniel Taveira (Física); Willis de Lima (História da Arte); Tomaz (Geografia); Niltomar (História); Ana Paula Colaço (Gramática); Carlos Portella (Matemática); e Renato (Química). O investimento será de R$ 40. Os assuntos das aulas são aquelas dicas que devem cair na prova do Enem.

Hambúrguer plant-based

O Pão de Açúcar está trazendo para as suas lojas o hambúrguer que chamou atenção do público desde a data de seu anúncio de chegada ao mercado nacional. Desenvolvido pela startup brasileira Fazenda Futuro, em parceria com a ONG The Good Food Institute, o Futuro Burger é um hambúrguer “plant-based”, que já pode ser encontrado em todas as unidades do Pão de Açúcar na Paraíba por R$ 19,90 a bandeja com duas unidades. O produto está disponível nas opções resfriada e congelada. O Futuro Burger é um hambúrguer vegetal que promete imitar o gosto, o aroma e a textura do hambúrguer tradicional, feito a partir de uma combinação de aromatizantes e temperos naturais, grão de bico, proteína isolada de soja e proteína de ervilha. Já para imitar a cor de sangue da carne bovina foi utilizada beterraba em sua composição.

Entrega de apartamentos

Comprar insumos e produtos com valores, pelo menos, 10% mais acessíveis que os praticados no mercado. Essa é uma das vantagens que os produtores de cana-de- açúcar paraibanos, ligados a Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), passarão a ter com a criação da Cooperativa dos Associados da Asplan (COASPLAN), que deve começar a operar já a partir de agosto, quando inicia a safra 2019/2020. De acordo com o presidente da Asplan, José Inácio de Morais, os associados, incialmente, poderão adquirir os insumos como herbicidas, fertilizantes e defensivos agrícolas, mas, a ideia e expandir, futuramente, o portfólio de produtos incluindo também implementos e máquinas.

Relacionadas